Sábado, 23 de Janeiro de 2021
MPF denuncia desembargadora que já está presa; dois filhos dela e três advogados por organização criminosa
04/01/2021 | 11:03
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Ministério Público Federal (MPF), denunciou na noite de último sábado (02), a desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Lígia Maria Ramos Cunha, os filhos dela Arthur e Rui Barata e também os advogados Diego Freitas Ribeiro; Sergio Celso Nunes Santos e Júlio Cesar Cavalcanti Ferreira. Ambos foram acusados pela Justiça por organização criminosa no âmbito da Operação da PF e do MPF " Faroeste " que investiga crimes de vendas de sentenças judiciais na Corte da Bahia.

 

O MPF também acusa a magistrada por obstrução de investigação e corrupção. O delator á Justiça, advogado Júlio Cesar Cavalcanti Ferreira, disse que num dos pagamentos financeiros chegou a receber em propina R$ 400 mil reais e que deste valor ele ficou com R$ 100 mil e o restante, ou seja, os R$ 300 mil reais foram repassados aos filhos da desembargadora Lígia Maria Ramos Cunha, a qual já está presa preventivamente desde o dia 14 de dezembro passado.

 

De acordo com a Procuradoria dados da unidade de Inteligência Financeira revelam movimentação de R$ 24.526.558,00 por Júlio César no período investigado. A Procuradoria acusa o grupo de haver recebido em propinas R$ 950 mil reais. O esquema, segundo as investigações deram origem em agosto de 2015 e foram até dezembro passado mesmo diante das fases investigatórias em andamento da Operação Faroeste. O ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Og Fernandes é o relator do processo. A Sub -procuradora Geral da república Lindôra Maria Araújo é quem detalha ao STJ a participação de cada um dos denunciados nesta operação Faroeste.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar