Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021
CPI da Covid : Ex-diretor do Ministério da Saúde que exigiu propina paga fiança e fica livre de prisão
08/07/2021 | 19:13
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Rodrigo Ferreira Dias, preso na quarta-feira (07), por determinação do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito- CPI da Covid, senador Omar Aziz ( PSD- AM); durante a sessão desta CPI na última quarta-feira (07), acabou pagando fiança de pouco mais de R$ 1 mil reais e ficou livre de se manter preso no próprio prédio do Congresso Nacional, em Brasília (DF). O ex-diretor do Ministério da Saúde Rodrigo Ferreira Dias é acusado pelo Cabo- PM Luiz Paulo Dominghetti e dito representante no Brasil da empresa norte americana Davati Medical Supply, a qual tentava negociar 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca junto ao Ministério da Saúde.

 

Denúncias levada à CPI da Covid-19 , instalada no Congresso Nacional a fim de apurar inúmeros atos ilícitos nesta pandemia da Covid-19 no Brasil, apontam dentre elas o caso do ex-diretor do Ministério da Saúde Rodrigo Ferreira Dias de que pedia propina de US$ 1 dólar por cada dose da vacina AstraZeneca oferecida pela Davati Medical Suplly ao governo brasileiro. Dominghetti assim como Rodrigo F. Dias e muitos outras pessoas suspeitas de atos de corrupção estão sendo ouvidas nesta CPI da Covid-19. Há outros casos sendo investigados pela CPI da Covid e relacionados, por exemplo à vacina da Covaxin e que tem o líder do governo Bolsonaro, o deputado federal Ricardo Barros (PP), do Estado do Paraná também já envolvido até em processo por denúncias de corrupção na área da Saúde junto ao Distrito Federal (DF).

 

O líder do governo de Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros foi alvo também em 2020, durante operação da PF e do MPF que pura crimes de lavagem de dinheiro e corrupção para " " facilitar negócio no ramo de energia elétrica ", no Paraná. Ricardo Barros (PP) também é alvo da Lava Jato. Enfim, de aliados no governo de Jair Bolsonaro, corruptos e mafiosos é o que não faltam e a exemplos de outros ex-presidentes da república igualmente tendo muitos aliados de governo numa espécie de ampla organização criminosa e objetivando unicamente desvios milionários e até bilionários dos cofres públicos- dinheiro que é do povo brasileiro e que acaba nas mãos, digo contas até em offshores espalhadas pelo mundo; como já mostraram inúmeras das investigações realizadas pela PF e pelo MPF e que muitos dos corruptos e mafiosos que atuam dentro e fora do Brasil; acabam obtendo enriquecimentos criminosos, ilícitos.

 

E pior ainda é ver um Brasil onde as decisões de Cortes Superiores da Justiça são comumente aliadas quando das decisões benéficas como concessões de habeas corpus, facilitação ao retardamento aba alcançando prescrições processual e que desta forma; beneficia unicamente mafiosos e corruptos. ÊTA BRASIL !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar