Quinta-feira, 30 de Junho de 2022
Brutal agressão vitimou Congolês Moïse no Rio de Janeiro repercute mundialmente
Brutal agressão vitimou Congolês Moïse no Rio de Janeiro (RJ), repercute mundialmente
02/02/2022 | 20:16
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O brutal assassinato do Congolês Moïse Kabagambe, 24 anos de idade; ocorrido na noite de segunda-feira (24), ao lado do quiosque Tropicália, localizado na Barra da Tijuca, junto a praia da Tijuca , Rio de Janeiro (RJ), teve imediata repercussão internacional. Principais veículos de imprensa internacional deram destaque sobre o brutal assassinato do refugiado que vivia no Brasil desde 2014, quando criança chegara ao Brasil junto a família que havia deixado o Congo devido aos conflitos armados que haviam naquele país africano. Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital ( Rio de Janeiro,RJ), agiram rápido e prenderam três homens suspeitos da agressão brutal que vitimou Moïse.

 

Uma quarta pessoa foi detida, prestou depoimento à Polícia Civil e foi liberada. Moïse Kabagambe, 24 anos, sofreu brutais agressões a pauladas e acabou morrendo no local. Moïse, foi agredido pelo menos por três homens que aparecem nas imagens de uma câmera de segurança. A vítima sofrera pelo menos umas 30 pauladas, sendo 14 delas aparecem nas imagens desta câmera de segurança. O laudo do IML atesta que Moïse morreu devido a traumatismo do tórax com contusão pulmonar. No desespero diante da brutalidade das agressões; Moïse chegou a bater com uma das mãos três vezes no chão - numa demonstração de simbolizar a rendição - gesto utilizado em artes marciais a fim de interromper a luta, porém, as agressões continuaram levando -o à morte.

 

A família de Moïse à imprensa disse ficar indignada por tamanha brutalidade contra Moïse e pedem Justiça contra os agressores. Representantes de diversas entidades como desde da OAB o Rio de janeiro (RJ), Cáritas dentre outras se manifestaram indignadas diante das agressões brutais que resultaram na morte de Moïse.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2022 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar