Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Arte para Voar - a Exposição de Pipas em Florianópolis,SC
Escuela Del Barrilete da Argentina desenvolve projeto e apresenta exposição" Arte para Voar " em Florianópolis,SC
29/04/2015 | 2:31
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma bela exposição com diversas Pandorgas ou Pipas como são denominadas popularmente no Brasil e em toda a América Latina; está exposta até final de abril no Espaço Cultural Rita Maria, centro, Florianópolis,SC. A iniciativa é da Escuela Del Barrilete da Argentina sob coordenação do artista plástico Alejandro Araújo. A mostra com diversas pipas contém pinturas de diversos artistas plásticos da Argentina; Chile; Polônia e do Brasil.

 

O pintor lageano Juan Godoy produziu uma pintura Neo Impressionista Abstrata numa enorme pipa que participou desta exposição em Florianópolis, cuja mostra teve início no dia 06 de abril. Os artistas plásticos Hamilton Souza e Albertina Prates, além de outros pintores convidados também participaram desta mostra que deverá percorrer diversos outros países da América Latina e também na Europa.

 

O projeto cultural desenvolvido pela Escuela Del Barrilete já desenvolveu vários projetos do gênero junto a diversas comunidades no Brasil e na Argentina e pretende novos e bem sucedidos eventos culturais como ao Primeiro Festival de Pipas de Santa Catarina, tendo por local a Fazenda Coelho, em Três Riachos ( Biguaçú),SC, à partir das 7 h. Maiores informações e inscrições: (48) 8464-9203 e o ingresso no local segundo a organização deste evento é no valor de R$ 10,00 (dez reais) e haverá premiações com entrega de troféus para primeiro, segundo e terceiro lugares.

 

ATIVIDADES ARTÍSTICO-DIDÁTICAS

Desde o ano 1994 a ESCUELA ARGENTINA DEL BARRILETE, vem desenvolvendo um grande número de oficinas e festivais na Argentina, Brasil, Cuba, Uruguay; em colégios, escolas de arte, e diversas instituições.
Para isso, desenvolvemos programas de oficinas extra curriculares e atividades curriculares.
No caso das atividades curriculares, se incluem conteúdos para aulas de história, geografia, matemáticas, física, etc. )
Estas atividades criam um elo de confraternização entre pais, alunos, docentes e diretores.


OFICINAS DE CONSTRUÇÃO DE PANDORGAS

Objetivos:
• Valorizar o jogo como motor do processo criativo.
• Favorecer a comunicação e integração familiar.
• Desenvolver e colocar em prática a imaginação e a criatividade.
• Possibilitar o contato com a natureza.
• Resgatar o valor do artesanato.
• Possibilitar a integração comunitária a partir de uma ação lúdica.
• Estimular a integração e não a competição.
• Oferecer um plano alternativo de trabalho a docentes e gestores culturais.
• De forma lúdica aprender conceitos de História, Geografia, Matemáticas, Física, e valores sociais.

Desenvolvimento e atividades:

• Conversa prévia.
• Construção das pandorgas.
• Soltura das pandorgas (espaço aberto).

 

FUNDAMENTAÇÃO

A ARTE é inerente à natureza, ainda que esta não tenha esse propósito. A evolução do homem trouxe a educação do olhar para o belo e o desenvolvimento sensório motor, a habilidade manual. O ato de criação humana reflete, ao longo do tempo, estas duas conquistas, que se multiplicam e se espraiam pelo mundo, misturadas com as culturas e o saber de cada povo.
Para o homem, a arte pode se tornar um objetivo, uma forma de vida, uma expectativa ou, simplesmente, uma possibilidade. Se aliada à educação, jogos e brincadeiras, pode-se construir um programa de trabalho com crianças, jovens e adultos que resulta em aprendizagem e lazer.
Compreendemos que o jogo, é, desde sempre, uma via natural de aprendizado, uma estratégia na qual se focam todos os instintos humanos.
As diferentes espécies animais desenvolvem suas habilidades de sobrevivência jogando de forma natural.
O Ser Humano joga naturalmente e constitui uma forma de aprendizado primário.
O jogo é, também, historicamente, uma forma de comunicação social que permite o relacionamento entre pessoas e comunidades. (Jogos olímpicos, diferentes festivais).
No contexto que queremos para este trabalho, vamos lançar mão de um dos brinquedos mais antigos e que até hoje faz parte do dia a dia de crianças e adultos: a pandorga.
Ela representa o anseio do homem de querer voar e de elevar seu espírito aos céus.
Segundo as crônicas “A Pandorga ”existe há mais de dois mil e quinhentos anos.
Foi inventada na China e logo se espalhou para o Japão.
Marco Polo a introduziu no Ocidente em alguma de suas viagens.
Durante sua história, a pipa teve diversas aplicações: um agradável passatempo, protagonista de episódios bélicos e religiosos; utilizada em experiências científicas; e entre outras, também deu origem a aviação.
La ESCUELA ARGENTINA DEL BARRILETE usa estes elementos, “A ARTE, O JUEGO e A PANDORGA”, para oferecer outra forma de estimular e desenvolver as aptidões das pessoas.
Como parte de um programa global, este trabalho pretende assistir a necessidades educativas e de recreação em todos os setores sociais.
Atualmente, além, de trabalhar nos programas "ARTE EN COMUNIDAD" e "ARTE EN LA ESCUELA", estamos impulsando o "PLAZA CIENCIA".
( www.plazaciencia.blogspot.com ).
Este programa consiste especificamente na divulgação de conceitos básicos de física, astronomia , tecnologia e ecologia.

Obrigado.
Alejandro Araujo Santos

Informação: escueladelbarrilete@gmail.com
facebook/escueladelbarrilete
http://escueladelbarrilete.wix.com/barriletespinamar2011
Argentina 54 ( 223) 155249220
Brasil 55 ( 48 ) 96884799 TIM

 

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar