Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017
PT e PP juntos receberam quase R$ 1 bilhão em propinas
Valor pago em propinas na cota do PT chegou a mais de meio bilhão enquanto ao PP coube outros milhões - tudo corrupção apurou MPF
22/02/2015 | 4:51
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma vergonha tanta roubalheira do dinheiro do povo - dinheiro público neste país chamado Brasil. Ladrões especializados em sacar milhões dos cofres públicos através de propinoduto e o caso que vem sendo desvendado através da Operação Lava Jato é algo assustador.

 

Isto é: ultrapassa os limites mais legítimos dos direitos dos cidadãos brasileiros que sofrem estes saques bilionários através da Petrobras onde mafiosos especializados há décadas estão surrupiando, roubando dinheiro do povo brasileiro que paga caríssimo preços de combustíveis, altos impostos e tributos e além disto; sofrem pela falta de melhorias na Saúde; Educação; Infraestrutura; Habitação e assim por diante.

 

Segundo as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal -MPF, o valor pago em propinas para a diretoria de Serviços da Petrobras que é da cota do Partido dos Trabalhadores - PT no esquema de corrupção desbaratados pela Operação Lava Jato em contratos foram até agora de R$ 640 milhões.

 

É o que apontou o primeiro, isto mesmo, o primeiro pacote de cinco ações civis por improbidade administrativa ajuizado contra seis empreiteiras do cartel mafioso formado e outros 28 executivos também mafiosos ligados neste escândalo da Petrobras. Ao Partido Progressista - PP, o percentual de propinas pago através do esquema da máfia ligada ao escândalo da Petrobras atingia o percentual de 1 % e que pode atingir centenas de milhões.

 

Máfia terá que devolver de imediato aos cofres públicos R$ 4,47 bilhões. Mas, vem muito mais

A Procuradoria Geral da União cobra das empresas envolvidas neste escândalo da Petrobras R$ 4,47 bilhões de devolução aos cofres públicos. Daí, a pressão por parte da área jurídica de defesa de mafiosos que buscam dialogar com o ex-presidente da república Luis Inácio Lula da Silva (PT) e com o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo (PT), para tentarem bloquear, prejudicar, suspender os trabalhos de apurações na Operação Lava Jato.

 

Com o avanço das investigações internacionais em paraísos fiscais e agora com a nova fase de atingir profunda investigações com dezenas de políticos envolvidos neste escândalo da Petrobras , ou seja na Operação Lava Jato; cresce esta pressão maior no campo político a fim de prejudicar e até evitar o escancaramento de mais mafiosos envolvidos na Lava Jato. Mas, ao contrário, o que se vê é o Ministério Público Federal e a Polícia Federal não rendando o pé, isto é; não recuando um centímetro no trabalho que deverá ser ainda mais profundo e necessário nesta Operação Lava Jato.

 

O Brasil, a sociedade brasileira precisa mais do que nunca desta vez buscar uma ampla faxina, desmascarar políticos e até empresários mafiosos que prejudicam o desenvolvimento social, econômico e sustentável do país. O povo brasileiro está atento e mobilizações em todo o território nacional dá indícios de que virá grandes reações populares dentro destes próximos dois a três meses em todo o país.

 

Muitos bilhões deverão ainda retornar aos cofres públicos com a busca de apreensão de dinheiro em contas irregulares em paraísos fiscais, especialmente em Genebra, na Suiça; nas Ilha caymans e também nos Estados Unidos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar