Sábado, 21 de Outubro de 2017
Véspera da cassação da chapa Dilma/Temer
Michel Temer (PMDB), pode deixar a presidência diante de decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
06/06/2017 | 2:21
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), começa na terça-feira,06, a sessão que deverá levar à cassação da chapa presidencial Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB). São provas robustas num processo jurídico bastante volumoso e complexo acima de tudo. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já avaliou todo este processo que deverá culminar com a cassação plena da chapa que elegeu a presidente já cassada pelo processo do Impeachment Dilma Rousseff (PT) e agora, diante de uma possível decisão pela cassação do presidente Michel Temer (PMDB), eleito como vice na chapa de Dilma Rousseff (PT). A defesa de Michel Temer (PMDB), tenta excluir da delação dos executivos da Odebrecht do processo que tem tudo para levar a cassação de Michel Temer (PMDB). Delatores como dos executivos da empreiteira Odebrecht; dos marqueteiros João Santana e Mônica Moura além dos executivos da JBS, dentre outros na Operação Lava jato, são substanciais provas que deverão levar à cassação da chapa Dilma (PT) e Michel Temer (PMDB). O governo de Michel Temer agoniza diante da proximidade da decisão do Tribunal Superior Eleitoral - TSE.

 

Eleições Diretas Já ! - o clamor das ruas no Brasil começa vigorar

Com a saída de Michel Temer (PMDB), poderá assumir a presidência o deputado federal e presidente da Câmara Federal Maia que é outro investigado e réu na Lava Jato. A crise política no Brasil é algo gravíssimo que não há na linha direta sucessória algum político idôneo capaz de assumir o cargo presidencial, face o envolvimento de centenas de políticos em corrupção e outras práticas ilícitas como lavagem de dinheiro; formação de quadrilhas; caixa 2; falsidade ideológica, dentre outros investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. Somente uma nova eleição e direta como está sendo reivindicada e manifestada nas ruas em todo o país, poderá minimizar a crise política; econômica e social do país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar