Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2019
STF alia-se à mala e à máfia ao soltar corruptos
STF mostra lado obscuro de alianças à máfia no Brasil. Soltar corruptos como Rodrigo Rocha Loures e Aécio Neves (PSDB), foi maior prova disto
02/07/2017 | 0:40
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Supremo Tribunal Federal (STF), através de um dos ministros que integra esta Corte da Justiça no Brasil, mostrou à toda sociedade brasileira e internacional como é fácil a corrupção e outras práticas ilícitas neste país, saírem impunes da Justiça quando há supostas pressões por parte de agentes mafiosos envolvidos em esquemas bilionários de roubo do dinheiro público no país.

 

Em plena véspera de encerrar o mês de junho - dias antes do recesso judiciário, o Supremo Tribunal Federal (STF), através de uma decisão monocrática de um dos seus ministros autorizou a soltura da prisão do principal assessor do presidente da República Michel Temer (PMDB), Rodrigo Rocha Loures, que havia sido preso pela Polícia Federal (PF), carregando uma mala contendo R$ 500 mil reais e que seriam destinados ao senador Aécio Neves (PSDB), que já responde na Justiça por outras supostas práticas criminosas.

 

Uma vergonha para não à Nação Brasileira, porém, para a Justiça especialmente no caso o STF - Supremo Tribunal Federal. Aliás, o jantar na casa do ministro do STF Gilmar Mendes com o presidente da República Michel Temer (PMDB), momentos antes destas decisões por parte do STF, deu claras demonstrações de que há sim algo muito suspeito, estranho por detrás das quatro paredes deste encontros anti republicano e que deveriam merecer pelo menos constatação na agenda oficial de uma autoridade do nível destes representantes das esferas o Executivo Nacional e do Judiciário.

 

Ainda bem que dentro do Judiciário do Brasil existem majoritariamente profissionais que honram com dignidade as funções com ética e respeito à cidadania e aos direitos e deveres constitucionais. Aliás, leis que ainda precisam de reformas e profundas. Se uma mala de R$ 500 mil reais já provoca este efeito de facilitações para mafiosos, imaginamos o quanto as centenas de milhões e de bilhões estão envolvidos em outros grandes esquemas de corrupção no Brasil.

 

A Lava Jato, o mensalão; Os Fundos de Pensões; o BNDES; O sistema bancário como Antônio Palocci (PT) - preso por corrupção e que deverá fazer a delação premiada mostrando realidades obscuras no sistema bancário deste país; a corrupção endêmica nas áreas da Saúde; Educação; Infra estruturas; Habitação; Esportes e Cultura; Agricultura; enfim, em todas as áreas em que já estão centenas de processos tramitando na Justiça diante enfadonhas práticas de roubos do dinheiro público no Brasil.

 

E ainda tem as solturas facilitadoras da Justiça com dezenas de outros mafiosos para em casa curtirem os bel prazer do sossego como se estivessem pagando penas à Justiça por práticas de roubos milionários dos cofres públicos. O Brasil verdadeiramente está nas mãos de uma gama mafiosa nunca antes mostradas ao povo deste país e ao restante do mundo.

 

O maior roubo do dinheiro do povo em todo o mundo está no Brasil, infelizmente ! Mas, para reverter esta realidade é necessário que cada cidadão que se diga honesto, honrado e queira um futuro melhor para si e para seus filhos, netos, bisnetos, que comece já, agora a fazer esta transformação no país à começar não reelegendo nenhum político e cobrando da Justiça mais rigos, reformas com leis mais rigorosas das que hoje estão facilitando a vida dos corruptos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar