Domingo, 22 de Abril de 2018
Moeda Verde - Processo já está no TRF-4, em Porto Alegre (RS)
Operação Moeda Verde que investigou crimes ambientais em Florianópolis (SC), tramita agora no TRF-4, em Segunda Instância
01/02/2018 | 1:25
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O cerco aperta para denunciados na Operação Moeda Verde, cuja operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), em 03 de maio de 2007, em Florianópolis (SC), levou na época 22 pessoas à prisão temporária, dentre os quais vários empresários sendo alguns proprietários de Beach Clubs em Jurerê Internacional, além de alguns políticos, bem como, vários servidores públicos que atuavam na Fundação de Meio Ambiente de Florianópolis - Floram); e da Secretaria Municipal e Urbanismo e Serviços Públicos - Susp. Além disto consta ainda no processo a empresa Habitasul, ambos envolvidos neste escândalo da Moeda Verde.

 

Das 22 pessoas presas em maio de 2007; 19 foram denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF), sendo que 16 delas foram condenadas pela Justiça Federal devido a práticas de crimes como vantagens na compra e venda de licenças ambientais para construção de empreendimentos na região de Jurerê Internacional - Norte da Ilha de Florianópolis (SC). A 8a. Turma do Tribunal Regional Federal (TRF-4) de Porto Alegre (RS), recebeu em 18 de dezembro de 2017, às 17:01 min. o processo de número 5036273-81.2014.4.04.7200 (processo eletrônico E-Prov V 2 SC). A situação atual deste processo referente à Operação Moeda Verde é de que está tramitando no TRF-4 desde 18 de dezembro de 2017; com a competência criminal/Ambiental e de crimes contra a fauna. Todos os denunciados neste processo recorrem à Justiça através de seus advogados de defesa.

 

Em 21 de junho de 2017 o juiz Marcelo Krás Borges , da 6a. Vara Federal Ambiental de Florianópolis (SC); proferiu, às 20h07min. daquela data, a sentença da ação penal referente à denominada Operação Moeda Verde, que investigou, entre outros delitos, crimes contra o meio ambiente e contra a administração pública. O documento contém as decisões de primeira instância pela condenação ou absolvição; conforme o caso, de 39 denominados pelo Ministério Público Federal (MPF). A 8a. Turma do TRF-4 tem como relator deste processo da Moeda Verde o desembargador federal Leandro Paulsen, presidente do grupo no TRF-$, além dos desembargadores Victor Luiz dos Santos e João Pedro Gebran Neto - que foi o relator do caso da ação contra Lula (PT), no processo do triplex do Guarujá (SP).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar