Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Santa Catarina sente efeitos do desgoverno. Dívidas bilionárias e greve à vista
Há décadas aliado de governos incompetentes, vice assume o governo de SC. Situação é preocupante. Desgoverno e incompetência de gestão
22/04/2018 | 22:10
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Basta chegar perto de uma nova eleição e lá vem a mesma ladainha: ou seja, faltam recursos financeiros para gerir o governo de Santa Catarina. Convenhamos, o vice governador que assumiu o governo de Santa Catarina, ou seja, Eduardo Pinho Moreira (MDB); há décadas está no governo como aliado desde Luiz Henrique da Silveira (PMDB) por duas gestões seguidas; passou no governo de Raimundo Colombo (PSD), como vice-governador e agora está no comando do governo estadual.

 

Se a situação financeira do governo de Santa Catarina é caótica, algo está muitíssimo equivocado. Isto é: ou é por incompetência administrativa de ambos governadores e seus vices assim como aliados na Assembleia Legislativa que proporcionam o chamado apoio governamental no legislativo estadual ou é algo muito além da própria incompetência administrativa em gerir um governo estadual. Imaginamos se fossem administrar uma grande empresa, certamente este mesma empresa já estaria falida há muito tempo atrás. E as greves previstas em breve na Segurança Pública e na Educação além da Saúde mostram o quadro eminente desta gravidade do desgoverno de Santa Catarina.

 

Raimundo Colombo (PSD), deixa o governo em estado crítico ao seu sucessor e liado Pinho Moreira (MDB)

Raimundo Colombo (PSD), deixou o comando do governo de Santa Catarina a poucas semanas atrás. Alardeava aos quatro ventos uma situação das melhores de Santa Catarina em todas as áreas- saúde; educação; segurança pública, etc. Foi tudo balela. Gastou milhões em publicidade governamental em mídias caríssimas de vídeos rodados e apresentados em tevês e outras mídias e tudo para minimizar os impactos da realidade do que em seguida, seu sucessor e aliado principal Eduardo Pinho Moreira (PMDB, atual MDB), destacou em coletiva á Imprensa assim que assumiu o governo de Santa Catarina.

 

As dívidas são bilionárias. Somente na Saúde ultrapassam R$ 508 milhões de reais. Na segurança pública; falta de tudo: veículos; combustíveis; reposição salarial para a Polícia Militar; Civil e Agentes penitenciários; além de situação caótica diante da falta de equipamentos como novos computadores; dentre outros reivindicados por estas categorias profissionais que prestam um valioso serviço para a população catarinense. O sistema prisional em Santa Catarina é caótico. Na rede pública hospitalar outra situação igualmente preocupante. Na Educação, diversos prédios escolares em péssimas condições. Maioria das rodovias estaduais e de várias regiões estão numa situação degradante e que preocupam milhares de motoristas que trafegam por estas rodovias.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar