Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
Energia no Brasil sob investigações da PF e do MPF e envolvem recursos do FI-FGTS da CEF
Operações investigatórias realizadas pela Polícia Federal e Ministério Público Federal atingem o setor elétrico do Brasil e envolvem recursos do FI-FGTS da Caixa (CEF)
03/06/2018 | 20:52
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma delação bombástica realizada pelo ex- Superintendente de Fundos de Investimentos Especiais da Caixa Econômica Federal (CEF), Roberto Madoglio atinge o setor de energia brasileira.  Recursos bilionários oriundos de arrecadação  do FGTS  de milhões de trabalhadores brasileiros e que são depositados no fundo junto a Caixa Econômica Federal (CEF) e que através do chamado FI-FGTS vão parar como aportes financeiros bilionários para diversas empresas do setor elétrico do Brasil. O Jornal  Folha de S. Paulo da edição de domingo (3), na reportagem realizada pelo repórter Fabio Serapião; traz ampla reportagem sobre o assunto.

 

Roberto Madoglio, confessou à Justiça Federal e à Polícia Federal ter recebido propina para favorecer algumas empresas do setor elétrico interessadas em obter aportes financeiros através do Fundo de Investimentos Especiais da Caixa Econômica Federal (CEF), do chamado IF-FGTS.  A delação do ex-Superintendente da CEF Roberto Madoglio, faz parte das operações investigatórias da PF e do MPF " Sépsis " e " Cui Bono ". O delator Roberto Madoglio, citou três empresas que foram beneficiadas com recursos na ordem de R$ 1,2 bilhão do FI-FGTS da Caixa: Hidrotérmica; Rede e A.J. Malucelli.

 

A propina paga ao delator foi de R$ 10 milhões, segundo afirmou em delação premiada. Em comunicado ao Jornal  Folha de S. Paulo, a empresa  A. J. Malucelli disse que as declarações do ex-superintendente da Caixa  "... são levianas e sem conteúdo probatório...".

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar