Domingo, 19 de Maio de 2019
STF decide deixar investigações de crimes de corrupção e Caixa 2 para Justiça Eleitoral
STF abre mão de investigar crimes de corrupção e Caixa 2 passando incumbência para Justiça Eleitoral. O que já era mole à máfia ficou ainda melhor
15/03/2019 | 13:45
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na quinta-feira (14) por 6 votos a 5 passar para a Justiça Eleitoral a incumbência de investigações e processos em casos de corrupção e Caixa 2 em campanhas eleitorais. Uma vergonha ! A Operação lava Jato sofre diante desta decisão do STF uma espécie de tentativa de obstrução aos trabalhos não somente realizados pelo Ministério Público Federal (MPF), como também pela Polícia Federal (PF), nas investigações que vem realizando no combate contra a corrupção no Brasil.

 

O Supremo Tribunal Federal (STF), que já em algumas ocasiões em decisões monocráticas concedendo habeas corpus para muitos mafiosos e quadrilheiros que roubaram dinheiro público aos milhões; mostra diante desta decisão um sinal de que realmente fraqueja e demonstra ainda mais fragilidade como instituição que deveria fortalecer este combate à corrupção no país. Apesar de o STF ter dentro de si algumas resistências neste combate contra a corrupção e a concessão de muitos habeas corpus já sinalizou isto; houve apesar disto, alguns avanços colocando mafiosos e corruptos na prisão.

 

Entretanto, deixar agora para que a Justiça Eleitoral realize este trabalho de combate contra a corrupção e Caixa 2 em campanhas políticas ficou ainda mais fácil para que mafiosos e corruptos possam manter suas artimanhas de enriquecimentos ilícitos, especialmente políticos como já demonstrou a Operação Lava Jato em que somente numa delação - a que a empreiteira Odebrecht citou mais de 1.800 políticos beneficiados com doação de dinheiro em forma de Caixa 2. Isto somente uma empresa e fora as centenas de outras que também fizeram suas doações ilícitas à vários políticos.


Moro vê riscos eminentes e fragilidade nesta decisão do STF

O próprio ministro de Justiça Sérgio Moro declarou à Imprensa, após esta decisão do STF de que haveria fragilidade neste trabalho por parte da Justiça Eleitoral. Portanto, daqui em diante caberá ao povo brasileiro ficar mais atento quando das eleições para acompanhar e denunciar à Justiça e à Polícia Federal quaisquer indícios de que possam haver crimes de corrupção e Caixa 2 em campanhas políticas.

 

Ou seja, o combate contra a corrupção deverá ainda ser mais fortalecido com todos que buscam Justiça e seriedade neste país, pois a depender de que órgãos como STF; STJ e TSE vão de fato dar forte combate à corrupção no Brasil é algo que ainda teremos certamente que aguardar por alguns anos. Baste ver a quantidade de processos que tramitam no Judiciário sobre casos de corrupção; Caixa 2; lavagem de dinheiro; licitações públicas fraudulentas e que estão simplesmente vagarosamente tramitando nestas esferas do Judiciário brasileiro. Isto sem contar os processos que prescreveram ou quase prescreveram se não fosse o acompanhamento público.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar