Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019
Roubalheira nos cofres públicos do Brasil faz Lava Jato ser um grão de areia. Roubo pode ultrapassar 4 trilhões
Lava Jato - pequeno grão de areia diante devastadora roubalheira praticada por mafiosos e corruptos no Brasil. Investigações avançam e desvendando quadrilhas
04/06/2019 | 22:53
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A cada dia que passa no Brasil as investigações realizadas pela Polícia Federal; Ministério Público Federal e GAECO, Receita Federal , Coaf; ambas mostram ampla ramificações de ações de quadrilhas de políticos e agentes públicos dentre empresários corruptos e mafiosos que em conluio desviam centenas e centenas de bilhões dos cofres públicos deste país.

 

Estima-se que nestes últimos pelo menos 35 anos o Brasil sofre roubo de mais de R$ 4 trilhões de dinheiro oriundo do pagamento de impostos e contribuições diversas da grande maioria do povo brasileiro. As ramificações de investigações somente na Operação Lava Jato e que vem sendo ampliada toda semana; dimensiona o grau e gravidade desta situação caótica onde muitos políticos mafiosos e corruptos, aliado em quadrilhas de diversos setores públicos e privados e que juntos praticam os mais diversos crimes como desde lavagem de dinheiro; propinas milionárias; superfaturamento em obras públicas; empresas de fachadas chamadas "noteiras" que servem a grupos mafiosos e quadrilhas de ladrões o dinheiro público no Brasil; serviços e obras públicas além de consultorias superfaturas e que sequer são na realidade praticados; enfim; uma verdadeira ação criminosa e que levou o Brasil e a grande maioria do povo brasileiro a enfrentar a pior crise na história deste país chamado Brasil.

 

Rio de Janeiro; Brasília; São Paulo; Minas Gerais; Santa Catarina; Paraná; Mato Grosso; Goiás; Rondônia; Ceará; Amapá; Bahia; Pernambuco; Alagoas; Roraima; Acre; Rio Grande do Sul; Amazonas; Pará; Espírito Santo; Maranhão; Sergipe; todos atolados na corrupção O Brasil com maioria dos estados aprofundado na crise econômica e social mostra o quão este país foi e está sendo saqueado por ladrões travestidos de bons políticos e bons empresários que na verdade, na realidade a maioria são profissionais em roubar dinheiro dos cofres públicos.

 

As inúmeras investigações já realizadas pela Polícia Federal; Ministério Público Federal; Receita Federal; Coaf; GAECO; apontam as diversas maneiras com que quadrilhas apoiadas por estruturas viciadas e manipuladas;acobertadas até que haja descoberta desta roubalheira absurda do dinheiro do povo brasileiro.

 

Em Santa Catarina por muitas décadas o Estado através de governos corruptos e mafiosos sofreu desvios bilionários sendo que boa parte do dinheiro roubado sequer foi ainda totalmente descoberto devido ao conluio com que o tripé de pacto e parceria entre governo estaduais; alguns membros dentro da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina - Alesc, como mostrou a recente Operação Alcatraz - que tem como um dos supostos envolvidos o atual presidente da Assembleia Legislativa deputado Julio Garcia (PSD), que atuou anteriormente como um dos Conselheiros do Tribunal de Contas do estado de Santa Catarina - TCE/SC; onde neste órgão há indicações políticas e partidárias por parte do Governo de Estado; bem como; outras investigações anteriores no Estado de Santa Catarina como desde o polêmico caso do BESC; bem como das Letras do Tesouro do Estado de Santa Catarina, dentre outras.

 

Em São Paulo, outro exemplo de grupos mafiosos e agentes públicos mafiosos atuando em roubalheira do dinheiro público e desde décadas até hoje. Caso das obras do Anel Viário; caso da Merenda Escolar; Caso dos Metrôs e assim por diante - isto os mais recentes casos em São Paulo.Tem também o Rio de Janeiro atolado na crise social, econômica; política e na segurança pública. No Rio de Janeiro a a situação de roubalheira do dinheiro público é algo avassalador e vem sendo praticado há desde muitas décadas. Tem outros estados manifestados de roubalheira do dinheiro nos cofres públicos como dos mais graves em Minas Gerais; Rio Grande do Sul/; Paraná; Bahia; Pernambuco; Roraima; Amazonas; Distrito Federal; Bahia; Maranhão; Alagoas. Enfim; são diversos estados brasileiros onde a roubalheira praticada por muitos agentes públicos aliados com muitos políticos mafiosos, quadrilheiros , ladrões do dinheiro público em conluio com vários empresários mafiosos e igualmente ladrões do dinheiro do povo; consolidou assim a crise profunda com que o Brasil se encontra.

 

É preciso que o povo manifeste cotidianamente a sua indignação e reaja contra esta roubalheira que faz com que a crise na saúde, educação, segurança pública e falta de emprego e renda para dezenas de milhões de cidadãos deste país; seja revertida em recuperação e reestruturação política e administrativa de todo o país. Chega de político corrupto, chega de empresário corrupto; chega de quaisquer cidadão corrupto e que faz toda população sofrer consequências como a quem diariamente se vê no Brasil. É preciso reformas urgentes e mais do que isto: é preciso revisão da Lei penal. É preciso que a Justiça não seja como a que se vê hoje no Brasil onde mafiosos e corruptos além de assassinos acabem sendo soltos poucos dias após praticarem atos que prejudiquem cidadãos neste país.

 

Corrupto e mafiosos merecem penas mais rígidas e a Justiça no Brasil não pode ser assimilada como a de que está mais para defender corruptos, mafiosos, bandidos e ladrões do que ao contrário: a de promover a cidadania e assegurar o direito de se viver numa Nação onde a liberdade e o acesso à assistência médica, direito a educação; plena segurança pública e acesso ao emprego e renda digna, construa assim uma Nação de plena garantia à vida e a liberdade para quem respeita a lei e respeita o direitos seja ele individual ou coletivo.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar