Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020
Irã admite ter derrubado por " engano " Boeing 737-800 que vitimou 176 pessoas
Irã admite ter derrubado Boeing 737-800 da Ukrania International Airlines por " engano "
12/01/2020 | 0:21
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Após resistir a possibilidade de que militares do próprio governo Revolucionário do Irã haver derrubado com um míssil o Boeing 737-800 da Ukrania International Airlines matando 176 pessoas, autoridades do governo do Irã admitiram no sábado (11), ter derrubado este avião comercial que havia se deslocado dois minutos após do aeroporto em Teerã ( Irã ) com destino à Kiev, na Ucrânia com 176 pessoas a bordo desta aeronave.

 

Segundo informações do Irã à imprensa internacional um soldado iraniano disparou um míssil contra o avião da Boeing sem autorização superior e que o soldado teria confundido a aeronave com um míssil americano. Houve ainda segundo o Irã, falhas de comunicação no instante deste disparo de míssil contra o Boeing 737-800 da Ukrania International Airlines. Minutos antes 19 aviões saíram do aeroporto de Teerã sem nenhum problema e chegando aos seus respectivos destinos. O governo dos Estados Unidos e também do Canadá já tinham adiantado que não teria sido um míssil americano que provocara a queda do Boeing 737-800 em Teerã ( Irã ).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar