Domingo, 22 de Outubro de 2017
Mundo da corrupção mostra como a máfia roubou trilhões do povo no Brasil
A Operação Lava-Jato mostra o que é apenas um grão de areia no mar da corrupção no Brasil. Trilhões foram roubados ao longo das últimas quatro décadas
21/04/2017 | 13:57
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A amostragem até agora apontadas pela Operação Lava-Jato é apenas um pequenino grão de areia no mar da corrupção no Brasil. As intensas ramificações da atuação de mafiosos com maioria envolvendo políticos de carreira histórica e trajetória política até então respeitadíssima antes de estourar o escândalo de corrupção, mostra ao país e ao restante do mundo o que poderá ser ainda maior em termos de roubalheira do dinheiro público no Brasil.

 

Basta somar os bilhões já desviados em milhares de outras ações investigatórias em todos os estados da federação brasileira ao longo destas últimas quatro décadas e perceber o quanto de dinheiro do povo que recolhe dezenas de tributos e impostos; acabaram definitivamente parando nas mãos de milhares de ladrões destes recursos públicos - dinheiro que falta para áreas da Saúde; Educação; Segurança Pública; geração de Emprego e Renda; Infraestruturas no país, por exemplo. São estimados mais de 4 trilhões arrancados criminosamente dos cofres públicos do Brasil.

 

Daí, explica-se da razão de milhares de grandes obras de infraestrutura em todo o país não ser nunca concluídos e o pior: as obras em sua maioria já concluídas envolvendo bilhões de reais na maioria são obras superfaturadas chegando a mais de 70% do valor real. E não são tão somente obras superfaturadas pela máfia. São consultorias superfaturadas; obras nunca projetadas, mas que tiveram recursos pagos por governantes, sejam eles no âmbito municipal, estadual e ou federal. E tem ainda casos de financiamentos públicos envolvendo muitos milhares de recursos financeiros que vão parar nas mãos de mafiosos.

 

Tem ainda os recursos financeiros desviados aos paraísos fiscais e que somam centenas de bilhões de reais. Tem também além de licitações fraudulentas, superfaturamentos; as ações fraudadas como no caso os Fundos de Pensões envolvidos nas investigações realizadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal mais recentes. Há ainda outros inúmeros casos já investigados pela Justiça e especialmente agora através da Operação lava-Jato apontando desde a venda de Medidas Provisórias (MPs) em que parlamentares mafiosos na Câmara Federal e no Senado Federal acabaram recebendo propinas milionárias para aprová-las a fim de beneficiar setores neste país.

 

Além das delações já feitas pela Odebrecht, OAS; Camargo Correa; Mendes Junior; outras delações que deverão surgir ao longo de novas investigações e mais abrangentes de outros segmentos da sociedade brasileira, incluindo, até o Judiciário; Tribunais de Contas dos Estados (TCEs); BNDES; Caixa Econômica Federal (CEF); CARF já em pleno andamento no caso da Operação Zelotes; o caso da negociata envolvendo o Banco Panamericano; BGT e Caixapar; assim como diversas instituições de economia mista nos estados como exemplo em Santa Catarina da Casan; SGgás; Celesc que possuem grandes suspeitas de irregularidades; merecem amplamente destaques nesta fase em que o Brasil atravessa e que poderá ser o início de um novo caminho para que o Brasil esteja de fato sendo passado à limpo, à uma plena faxina. Corrupção será algo repudiado veementemente pelas novas gerações deste país.

 

As centenas de bilhões roubados de forma vergonhosa; criminosa por mafiosos do colarinho branco; pessoas que deveriam respeitar o cargo de representação seja ela política, administrativa e ou jurídica e que ao contrário: formaram verdadeiras quadrilhas especializadas em roubo milionário do dinheiro público - dinheiro do povo deste país. Cadeia ainda é pouco para estes bandidos. Sorte desta máfia agira num país em que a pena para ladrões e praticantes de crimes hediondos, bárbaros quando se tira direitos de milhares de cidadãos dignos que poderiam ter uma assistência digna na Saúde; Educação; Habitação; Segurança Pública; Saneamento Básico; Emprego e Renda digna; é que estes mafiosos quadrilheiros em bando em forma de conluio estejam ambos eles morando neste país chamado Brasil. Se fosse ao contrário num país em que penas para bandidos seriam mais rigorosas, certamente o efeito em prol de uma Nação mais Justa; seria certamente benéfica para toda a sua população.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar