Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017
Quadrilhão do PMDB terá que devolver R$ 5,5 bilhões à Petrobras
Quadrilhão do PMDB recebeu mais de R$ 864 milhões em propinas e terá que devolver outros R$ 5,5 bilhões para a Petrobras
09/09/2017 | 12:55
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A super quadrilha da cúpula nacional do PMDB foi denunciada nesta última sexta-feira (8) pela Procuradoria Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Foram denunciados os ladrões do dinheiro público do país: o ex-presidente da República e atual senador José Sarney (PMDB); o ministro Edison Lobão (PMDB); senador Jader Barbalho (PMDB); senador e ex-presidente do Senado Federal Renan Calheiros (PMDB); o senador Romero Jucá (PMDB); o senador Valdir Raupp (PMDB) e Sergio Machado. Ambos quadrilheiros e corruptos, mafiosos do PMDB terão que ressarcir aos cofres públicos além de R$ 864 milhões que receberam de propinas outros R$ 5,5 bilhões - isto mesmo: R$ 5,5 bilhões que terão estes mafiosos peemedebistas devolverem aos cofres da Petrobras.

 

Quadrilhas de ladrões como deste bando deveriam apodrecer na cadeia

Quadrilhas que se formaram há anos dentro de partidos como do PT;PMDB; PP;PSDB;PR;PSD; PDT;PTB;PSB e muitas outras siglas partidárias deste país; provocaram rombos aos cofres públicos de maneira altamente prejudicial à população brasileira. É por práticas ilícitas que estas organizações criminosas comandadas por quadrilhas dentro e fora da classe política brasileira é que maioria dos hospitais do país estão em má condições de atenderem à milhares de pacientes que precisam de algum tipo de atendimento à saúde.

 

O Brasil enfrenta insegurança pública por falta de mais investimentos nesta área e em educação e geração de emprego e renda digna para milhões de trabalhadores neste país. Cadeia é pouco para esta máfia que deveria permanecer na cadeia pelo resto da vida já que maior parte destes ladrões do dinheiro público - dinheiro do povo brasileiro; possuem idade já avançada e poderiam muito bem apodrecer dentro de uma cela diante os prejuízos incalculáveis que praticaram ao longo de décadas ao país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar