Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
Suíça colaborando com o Brasil nas investigações sobre a Lava Jato
Banco suíço PKB foi multado em US$ 1,1 milhão e Justiça da Suíça vem colaborando com o Brasil no combate aos atos ilícitos que fluíram bilhões para bancos suíços
01/02/2018 | 17:58
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Procuradoria Geral da Suíça está priorizando o seu foco nos bancos que operam na Suíça. E diante disto, já está fazendo um grande efeito e o Banco PKB foi multado nesta semana pelas autoridades daquele país em US$ 1,1 milhão de francos por práticas ilícitas.

 

O PKB já havia sido foco do noticiário sobre corrupção alguns anos atrás. Autoridades da Suíça investigam em conjunto o escândalo de corrupção da Lava Jato diante das ramificações constantes das investigações iniciadas no Brasil através dos trabalhos da Polícia Federal e do Ministério Público Federal e que tem apoio da procuradoria-Geral da Suíça.

 

Novos " insights " sobre os fundos bilionários e especialmente daqueles fundos financeiros ilícitos que fluíram através do sistema financeiro e utilizados canais como de muitos outros paraísos fiscais tais como Ilhas Caymans; Ilhas Virgens Britânicas e do Panamá "Papers" através especialmente da Mossack Fonseca, além de Offs shores no Paraguai; Uruguai; Estados Unidos; África e até na Ásia; começam ampliar e aprofundar estas investigações. O PKB Banks possui escritório central em Lugano (Suíça) e contém cerca de 13 bilhões de francos em ativos gerenciados.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar