Sábado, 18 de Agosto de 2018
As gaiolas de Donald Trump lotadas de crianças assemelham-se às práticas de Hitler
Gaiolas lotadas de crianças de outros países que entram nos Estados Unidos, são práticas cruéis de Trump que assemelha-se a Hitler
25/06/2018 | 15:48
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Gaiolas lotadas de centenas de crianças que choram dia e noite a perguntar pelos pais, implorando as presenças de mães e pais para libertá-los deste sofrimento cruel em que imagens foram levadas ao restante do mundo; cuja prática cruel do presidente dos Estados Unidos Donald Trump chegam a assemelhar-se das cruéis práticas horrendas de Hitler durante a Segunda Grande Guerra que vitimou milhões de pessoas, muitas delas crianças e civis.

 

Agora, em pleno Século XXI quando os Estados Unidos mostra ao restante do mundo através de seu presidente Donald Trump a truculência com as práticas cruéis de dividir famílias e ferindo desta forma os mais sagrados direitos humanos que é o de convivência digna familiar. As crianças que são de origem de outros países sendo maioria das 2.500 mantidas em gaiolas de arames sob segurança máxima em áreas próximas da divisa com o México é um retrato fiel desta crueldade com centenas destas crianças.

 

Mesmo assinando um recente decreto que evita a prisão de crianças imigrantes ilegais diante das leis americanas; Trump sequer definiu em seu governo quais medidas imediatas tomará com estas milhares de crianças detidas em gaiolas. E o pior além disto que por si só já é gravíssimo Donald Trump vai continuar mantendo crianças presas junto aos adultos em abrigos exclusivos para manutenção destas centenas de famílias que entram de forma irregular no território norte-americano.

 

Portanto; Trump mostra ao restante do mundo que através desta forma de tolerância zero, pratica algo similar ao que Hitler provocou levando à morte milhões de pessoas entre crianças e civis. Os traumas psicológicos destas separações são irreparáveis tanto principalmente para estas centenas de crianças quanto de pais e mães separados de seus filhos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar