Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
Ex-presidente do Peru Alan Garcia comete suicídio assim que foi preso no caso Odebrecht na Lava Jato
Ex-presidente do Peru Alan Garcia se mata ao ser preso por caso Odebrecht. É o primeiro suicídio na Lava Jato
17/04/2019 | 20:02
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O ex-presidente do Peru Alan Garcia,69, cometeu suicídio na manhã de quarta-feira (17), assim que ocorreu a chegada de uma equipe da Polícia Federal do Peru em sua casa na manhã de quarta-feira (17). Alan Garcia subiu em seu quarto da residência argumentando à Polícia de que iria fazer contato com seus advogados e em seguida ocorreu um estampido de arma de fogo.

 

Policiais subiram ao quarto de Alan Garcia e socorreram-o levando até ao hospital Casimiro Ulloa, em Lima (Peru). Alan Garcia disparou contra si na cabeça e segundo informações deste hospital à Imprensa; a bala atravessou a cabeça da vítima que sofreu três paradas cardíacas e não resistiu ao ferimento. Trata-se do primeiro caso de suicídio na Lava Jato. Investigações realizadas pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos em parcerias com a do Peru e do Brasil, descobriram ramificações de corrupção ligadas a empreiteira Odebrecht.

 

O ex-presidente do Peru era acusado de haver recebido propinas no valor total de US$ 29 milhões. Outros quatro ex-presidentes do Peru também respondem a processos por corrupção. Dois deles estão presos, um fugiu e vem sendo procurado pelas autoridades do Peru. Outro está internado num dos hospitais em Lima e em estado considerado grave. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos investiga outros corruptos em vários outros países do Continente Sul -Americano e ligados às obras realizadas pela empreiteira Odebrecht além de outras envolvidas na Lava Jato. Tanto na Argentina quanto no Chile avançam estas investigações; assim como no Panamá, além de outros países. Alan Garcia presidiu o Peru entre os anos de 1985 a 1990 e de 2006 a 2015.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar