Domingo, 15 de Setembro de 2019
Lava Jato - Contas de empresas de fachada no Bradesco; Itaú; Santander e Caixa Econômica Federal (CEF), utilizadas por doleiros que operavam esquema de lavagem de dinheiro
PF e MPF descobrem empresas de fachada que movimentaram mais de R 1 bilhão e que serviam de pagamentos de propinas. As contas foram abertas no Bradesco; Itaú; Santander e CEF
29/05/2019 | 23:46
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma das ramificações das investigações da Operação " Câmbio Desligo " que descobriu até agora uma quadrilha ligada ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB), mafioso e corrupto preso com pena de mais de duas centenas de anos; fez com que a Polícia Federal e Ministério Público Federal, descobrissem que doleiros envolvidos neste esquema criminoso; utilizaram empresas de fachadas e abriram contas bancárias para lavagem de dinheiro e pagamentos de propinas milionárias.

 

Somente nesta ação investigatória foi descoberto a movimentação financeira de mais de R$ 1,1 bilhão - sendo que cerca de 90% deste montante bilionário foi depositado em contas de fachada no Bradesco. Outros bancos como Itaú; Santander e Caixa Econômica Federal (CEF), também foram utilizados pelas quadrilhas visando este esquema de lavagem de dinheiro.

 

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a princípio, os bancos não devem ser responsabilizados, mas que há falhas no sistema de controle de aberturas e movimentações de contas com finalidade criminosa como desta de lavagem de dinheiro. O MPF vê falhas das instituições financeiras e controlar crimes prestados com ajuda de seus serviços.

 

No início da semana, alguns gerentes envolvidos neste esquema criminoso; foram presos pela Polícia Federal nesta Operação " Câmbio Desligo ". Em delação à Justiça Federal, apontou um elo entre banqueiros e Odebrecht para pagamentos de propinas e que 11 bancos prestaram ajuda para pagar propinas, dizem delatores à Lava Jato.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar