Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019
50 Anos da ida do homem à Lua. Próxima viagem daqui a cinco anos com uma mulher na tripulação
50 Anos da primeira viagem do homem à Lua. Daqui a cinco anos uma mulher pela primeira vez estará junto a tripulação
18/07/2019 | 22:36
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

No dia 20 de julho de 2019, portanto, no sábado, completa-se 50 anos da presença do homem pela primeira vez de sua chegada à Lua. Uma missão da NASA que foi um marco histórico para a Humanidade. O astronauta Neil Armostrong pisou pela primeira vez na Lua seguido pelo colega da Nave Apolo 11 Buzz Aldrin e depois com Michael Collin. Foi em 20 de julho de 1969 em que a humanidade assistiu via transmissão da NASA esta chegada da tripulação da Apolo 11 na Lua. No dia 16 de julho, na base de lançamentos de foguetes no Centro Espacial John F. Kennedy, na plataforma 39 A desta base espacial americana, na região da Flórida (Estados Unidos ); às 13 horas, 32 minutos exatos (UTC); em Cabo Kennedy, feita a propulsão pelo foguete Saturo VSA-506 da nave Apolo 11 à Lua.

 

A chegada à Lua foi no dia 20 de julho, às 20h, 17 minutos e 40 segundos; quando os tripulantes desta missão em seguida puderam descer até colocarem os pés junto a massa lunar onde o primeiro deles foi o astronauta Neil Armostrong. Daqui cerca de cinco anos nova missão à Lua por parte da NASA em que uma mulher estará presente pela primeira vez nesta tripulação que terá entre uma das missões levar várias sementes de diversas espécies para testes de plantio na Lua e realizar ainda vários estudos como a de obtenção de água nas profundezas lunar, dentre outros estudos que estão sendo analisados e realizados pela NASA.

 

Daqui a algumas décadas previsão também de instalação de uma base ampla e completa instalações na Lua para que se possa várias pessoas lá permanecerem por muitos e longos anos a fim de promover estudos e experiências para missões futuras no Universo, principalmente com a primeira delas de chegar ao Planeta Marte a exemplo do que ocorreu com a chegada do homem até a Lua.

 

No dia 16 de julho ocorreu um eclipse parcial e que pode ser visto pela população em várias partes do Planeta Terra. Nesta obra do pintor brasileiro Juan Godoy, - um dos mestres da pintura neo Impressionista Abstrata e criador da Pintura do Luminosionismo; a obra : " La Luna es Menguante ", a beleza, encantamento e magia que faz sonhar o alcance de novas fronteiras deste Universo infindável e ainda bastante desconhecido e misterioso.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar