Domingo, 05 de Julho de 2020
Tensão no Oriente - Avião comercial cai no Irã com 176 pessoas. Não houve sobreviventes
Tensão no Oriente Médio - Avião da Boeing -737 cai em Teerã ( Irã ) com 176 passageiros. Todos morreram
09/01/2020 | 17:25
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A tensão no Oriente Médio aumenta a cada instante e agravou-se com a queda de um avião comercial na manhã de quarta-feira (08), em Teerã, capital do Irã. 176 pessoas a bordo morreram. O avião da Boeing - 737 decolou do aeroporto de Teerã com destino a Kiev ( Ucrânia ) e caiu poucos quilômetros deste aeroporto iraniano.

 

As caixas prestas deste Boeing 737 da Ukraine International Airlines não serão entregues às autoridades americanas, segundo o governo do Irã. Entre as vítimas deste acidente aéreo no Irã estão além de dezenas de iranianos; alemães, canadenses, ucranianos, afegãos e suíços.

 

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump autorizou o ataque terrorista contra o líder iraniano Qassem Soleimani, na sexta-feira (3), matando Soleimani e um dos principais líderes militares do Iraque Abu Al- Chadin, dentre outros integrantes da comitiva que fazia parte desta delegação militar que aproximava-se de Bagdá ( Iraque); quando sofreu ataque por um míssil americano. Donald Trump fez um pronunciamento na quarta-feira (8), destacando a potência americana em todas as principais áreas, incluindo a de produção petrolífera e de gás. Segundo Trump os Estados Unidos " não precisa " do petróleo iraniano, afirmando que os Estados Unidos é independente economicamente e militarmente.

 

Disse Donald Trump: " Nós queremos que vocês ( do Irã ) tenham um grande futuro com " harmonia " e que os Estados Unidos " querem a paz ", assim como demais nações do mundo. Donald Trump neste pronunciamento público estava ao lado de sua equipe de segurança militar. Donald Trump deu sinal também de recuou estratégico, apesar de dizer que se os Estados Unidos sofrer represálias por parte do Irã, haverá reação americana. Militares das forças americanas e da OTAN estão sendo retirados da região de conflito no Iraque - país que serve para 27 bases de solados americanos na região.

 

Trump ao dizer que os Estados Unidos não depende do petróleo do Irã, acabou proferindo uma espécie de negação quando na verdade os Estados Unidos depende e muito de petróleo produzido no Oriente Médio, não necessariamente adquirido do Irã. As reservas de petróleo americanos estão chegando ao fim. havia cerca de 20 anos atrás, informações dando conta de que as reservas de petróleo dos Estados Unidos dariam suficiente para até mais uns 30 anos, o que já está perto de ocorrer. O receio não somente dos Estados Unidos, porém, países diversos da Europa como França; Inglaterra; Alemanha; Itália; Espanha; além de Israel e Países Árabes Unidos venham sofrer uma forte reação de grupos terroristas pró- Irã.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar