Sábado, 23 de Janeiro de 2021
Presidente da Sinovac chinesa admite ter pago propina à oficiais chineses para acelerar aprovação de vacinas
CEO da Sinovac chinesa admitiu ter pago propina à oficiais chineses para acelerar aprovação de vacinas
05/12/2020 | 12:26
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O CEO da Sinovac chinesa e da Biontech na China Weidong Yin, admitiu que pagou propina no valor de US$ 83 mil à alguns oficiais chineses a fim de que pudessem acelerar a aprovação de vacinas junto a agência regulatória de medicamentos na China. O caso teria ocorrido entre 2002 a 2011 e o objetivo de ambas indústrias farmacêuticas na China era acelerar a aprovação de vacinas no órgão governamental.

 

O caso foi divulgado na sexta-feira (04), pelo jornal norte americano Whashington Post. Vale ressaltar que a companhia Sinovac é parceira do Instituto Butantã no desenvolvimento de vacina Coronavac. Yin foi condenado a dez anos de prisão.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar