Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021
Avanço da Covid- 19 é avassalador. Manaus usa câmaras frigoríficas para receber cadáveres
Avanço da Covid- 19 é avassalador diante de maior exposição de pessoas aos riscos. Manaus já dispõe de câmaras frigoríficas
04/01/2021 | 11:00
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

É crescente o avanço do novo coronavírus Covid-19 em todo o mundo. Na Europa, a situação é das mais grave desde o início desta pandemia. A Itália já contabiliza mais de 75.000 mortes pela Covid-19 e a previsão mesmo diante das restrições adotadas para prevenir o avanço do vírus é de que haja nestes próximos três meses o registro de cerca de 35.000 novos óbitos pela Covid-19.

 

O reflexo do aumento de casos do novo coronavírus Covid-19 já começa ser registrado em todo o mundo diante das festividades de Natal e agora de Ano Novo em que maioria dos hospitais já estão ou no limite máximo de lotação ou acima de 90% da capacidade de disponibilidade de leitos tanto de enfermagem quanto leitos de UTIs. No Brasil, a situação é calamitosa na maioria dos estados deste país. No Rio de Janeiro mais de 300 pessoas aguardam por um leito de UTI.

 

Mesmo com um dos hospitais tendo leitos e equipamentos disponíveis, há falta de profissionais da Saúde para prestar o atendimento à pacientes com Covid-19. Em São Paulo, a situação está no limite da capacidade de internamentos. Situação semelhante que vem ocorrendo em vários outros estados como a exemplo de Santa Catarina.

 

Em Manaus, câmaras frigoríficas estão junto a hospitais para receber cadáveres

Em Manaus, no Amazonas, a situação é grave. Câmaras frigoríficas já estão à disposição para receber cadáveres da Covid-19.
A capacidade de oferta de vagas em leitos de UTIs está no limite máximo desta ocupação em que mais de 92% dos leitos estão ocupados por pacientes com Covid-19. Santa Catarina já registrou mais de 5.400 mortes pela Covid-19. O Paraná com mais de 8.000 mortes pela Covid-19 e o Rio Grande do Sul já ultrapassa 9.050 óbitos pela Covid-19.

 

Rio de Janeiro com mais de 26.000 mortes pela Covid-19. São Paulo 47.000 mil mortes pela Covid-19 e nos demais estados do país a situação de contágios pelo novo coronavírus Covid-19 só vai aumentando de forma infelizmente rápida. O registro de alguns casos recentes no Brasil de contágios com suspeitas de que seja da mutação oriundo do vírus Covid-19, está sendo investigado pela Fiocruz. Trata-se de uma mutação em que este vírus contagia de forma mais acelerada do que a da SARS CoV-2 Covid-19, mas segundo especialistas que já manifestaram opiniões, trata-se de um vírus com menor letalidade do que ao comparado com a daCovid-19, mas que possui maior capacidade de contágio. Daí, à necessidade sempre de que todas as pessoas busquem manter-se alertas sobre os cuidados preventivos contra evitar o contágios destes vírus.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar