Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021
Afeganistão - Desespero, angústia, medo; suspense apavoram milhares de pessoas sob terror do Talibã
24/08/2021 | 14:10
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Centenas de pessoas continuam dentro do Aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão e a cada dia que passa começam a sair do país dominado agora pelas tropas do Talibã. grupos do Talibã cercaram as proximidades do Aeroporto de Cabul para evitar com que afegãos sob o medo, desespero, angústia e suspense sobre como o Afeganistão irá manter-se sob o domínio de grupos do Talibã, que assumiram o poder deste país no domingo (15). Aviões militares dos Estados Unidos; Alemanha; Espanha; França estão retirando diariamente centenas de afegãos que buscam fugir do regime do Talibã. O presidente dos Estados Unidos Joe Biden, afirmou que poderá manter tropas militares norte-americanas por mais tempo no Afeganistão.

Mas, o porta-voz do Talibã Suhail Shaheek, garantiu em entrevista deste início de semana à Sky News de que o prazo máximo para a saída das tropas norte - americanas do Afeganistão; termina no final deste mês de agosto. Portanto, dia 31. " É uma linha vermelha " disse Suhail Shaheek ao destacar que o Talibã não está disposto para chegar à um acordo no que se refere à estender prazo para saída das tropas norte-americanas do Afeganistão.

 

Alguns pontos do interior do Afeganistão ainda existem conflitos entre forças do governo anterior e do Talibã. Em Cabul, perto do Aeroporto; alguns disparos puderam serem ouvidos na manhã de segunda-feira (23). Fome, falta d´água; desespero, calor imenso, desencontros familiares em Cabul. São mais de 320.000 crianças e adolescentes afegãs convivendo com a fome, miséria absoluta em todo o território do Afeganistão.

 

Biden admite manter tropas no Afeganistão, mas o Talibã não vai aceitar, segundo Shuail

O próprio governo dos EUA Biden inicialmente afirmara que o prazo de saída das tropas norte-americanas do Afeganistão seria no dia 31 de agosto e recuar desta determinação inicial seria um grande equívoco, avalia o líder do Talibã. O temor de milhares de afegãos é de que o Afeganistão ao ser novamente dominado pelo regime do Talibã, ocorram práticas que afetem os direitos humanos como do acesso das mulheres às escolas e ao trabalho, bem como; ato de assassinatos de pessoas que trabalharam para as forças militares norte-americanas presentes no país durante os últimos vinte anos. Para alguns dos principais líderes do Talibã, segundo recentes entrevistas à imprensa internacional; o Talibã quer que haja o retorno imediato das pessoas ao trabalho e que o Afeganistão alcance apoio de outros países para o enfrentamento dos graves problemas sociais e econômicos deste país. Ago que até o momento; com exceção de alguns países como da Rússia e da China que sinalizaram à uma análise da situação futura de como o Talibã irá promover as primeiras ações de governo deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar