Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Colombo (PSD), no muro para presidência
Raimundo Colombo (PSD), não pede apoio à reeleição de Dilma (PT) e assim provoca inquietação no PT
13/09/2014 | 14:50
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma jogada de mestre como ao tradicional xadrez do jogo político e que o governador de Santa Catarina Raimundo Colombo (PSD), sabe bem como fazê-lo, especialmente na véspera de uma eleição. Primeiro, bem antes de definir uma coligação, é dizer que apoia quem está na frente de uma pesquisa para concorrer à uma eleição e, neste caso; manifestou apoio à reeleição de Dilma Rousseff (PT). Óbvio: Dilma estava na frente e bem na frente lá quando ocorrera a primeira pesquisa ainda com Eduardo Campos (PSB), na disputa. Ocorre que tudo mudou desde a morte de Eduardo Campos (PSB).

 

Colombo e sua estratégica visão política
Marina entrou na jogada e de início já encostou em Dilma nas pesquisas, passando até alguns percentuais na frente e ao que tudo indica será a futura presidente da República. Então, o que fez Raimundo Colombo (PSD) ?   Simplesmente, ficou  quieto. Silencioso. Já tinha antecipado sua estratégia política. Primeiro, arregimentou apoio de várias siglas partidárias à sua reeleição ao Governo.

 

Maioria das siglas viram que ali era um caminho de provável sucesso. Teriam Colombo e Dilma aliados e provavelmente vitoriosos na eleição. Segundo; Colombo, fez com que um dos seus principais aliados políticos Paulo Bornhausem fosse para o PSB de Eduardo e Marina Silva. Lógico: assegurou assim dois caminhos futuros para estar ou de um lado ou de outro futuramente e breve futuro.

 

Agora, se Dilma perde seu grande aliado político Paulo Bornhausem (PSB), será seu anfitrião e defenderá o nome de Colombo como ministro e da Educação. Afinal, é a Educação que tem o maior percentual de recursos financeiros orçados da União. O pai de Paulo Bornhausem, sabe bem este caminho. Já foi ministro da Educação. Agora, o PT viu que Raimundo Colombo (PSD) não pede nenhum voto à Dilma e reclama tarde demais ! Como diz um velho ditado popular: o trem passou.

 

Agnaldo Godoy - Jornalista

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar