Sábado, 18 de Agosto de 2018
Temer (PMDB) deixa a Coordenação Política do Governo Dilma (PT)
Este filme bastante conhecido. Governo afundando em crise que o PMDB ajudou construir e Temer (PMDB), desembarca
25/08/2015 | 3:28
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Um filme já bastante conhecido desde governos anteriores do país. Ou seja, o PMDB ajuda eleger, cria a crise junto com demais partidos aliados do Governo Federal e na véspera de profunda crise que ajudou a construir, cai fora.

 

E o começo deste desembarque do Governo Federal sob o comando da presidente da República Dilma Rousseff (PT), começou nesta última segunda-feira,24, quando o Coordenador da Articulação Política do Governo Dilma, o vice -Presidente Michel Temer (PMDB), deixou o cargo desta Coordenação e aprofunda a crise com a aproximação do PMDB ao PSDB que é oposição ao Governo Dilma Rousseff (PT).

 

Com esta decisão de Temer (PMDB), o Governo Dilma já antecipou que vai cortar mais de dez ministérios e a maioria deles sob o comando do PMDB. Ou seja, o PMDB está praticamente fora do Governo Dilma Rousseff (PT). Não há mais uma base sólida de apoio ao atual governo Dilma Rousseff (PT) que pode enfrentar um provável Impeachment, devido ao escândalo da Petrobras. O PMDB já havia deixado o governo do PSDB na véspera das eleições que elegera Luís Inácio Lula da Silva (PT).

 

PMDB volta aproximar-se do PSDB - partido que abandonara para apoiar Lula (PT)

Agora, repete o mesmo capítulo e invertendo o papel. isto é: optando por aproximar-se exatamente e novamente ao PSDB. Coisas de política brasileira que mostra um perfil recheado de corrupção; recheado de mafiosos e quadrilheiros que vão junto com muitos empresários corruptos parar no fundo das grades como vem mostrando não só o escândalo do Mensalão, porém, o mais atual- o escândalo da Petrobras.

 

E vem mais escândalo pela frente: as investigações junto ao BNDES e os Fundos de Pensões vão mostrar à sociedade brasileira, ao povo brasileiro os bilhões desviados dos cofres públicos. Além disto, existe a CPI da CBF e fora outras investigações que acabaram virando pizza ao longo destes últimos trinta anos. São trilhões desviados dos cofres públicos por mafiosos e que muitos deles estão novamente prestes à vir ocupar e até manter-se em cargos públicos neste país. Há, portanto, muito a ser investigado, apurado pela Polícia Federal e Ministério Público federal e pelos próprios cidadãos deste país chamado Brasil.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar