Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
Impeachment de Dilma Rousseff (PT) é aprovado. Assume Michel Temer (PMDB)
Dilma (PT) deixa a presidência definitivamente. Assume Michel Temer (PMDB). Senado vota por 61 a 20 e nenhuma abstenção
31/08/2016 | 20:31
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Senado Federal aprova o impeachment de Dilma Rousseff (PT). O resultado da votação foi conhecido no início da tarde desta última quarta-feira,31, por volta das 13h 35 quando o painel eletrônico do Senado Federal apontou o resultado desta votação histórica- a segunda na história do Brasil. O primeiro foi com o ex-presidente da República Fernando Collor de Mello, no início da década de 90.

 

Por 60 votos favoráveis e 20 contrários ao pedido de impeachment, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), perde o mandato presidencial em pleno decorrer do segundo mandato de governo federal. Assumiu em seguida a presidência; o então vice-presidente da República eleito juntamente com Dilma Rousseff (PT); Michel Temer (PMDB). A solenidade de posse foi semelhante ao que ocorrera quando da transição de governo Collor com Itamar Franco. O Brasil vivencia novo fato histórico e político com esta aprovação do impeachment de Dilma Rousseff (PT).

 

Após ser empossado presidente da República Michel Temer (PMDB), seguiu viagem até à China, onde participará de Encontro Internacional do G-20. A democracia brasileira dá exemplo ao restante do mundo. Não haverá mais espaço para a corrupção e para manipulação política e administrativa visando o engodo para o povo brasileiro.

 

Poucos instantes antes desta votação dos 81 senadores; o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), fez duras críticas ao governo de Dilma Rousseff (PT). Foi em plena véspera da votação do processo do impeachment de Dilma Rousseff (PT). O senador Ronaldo Caiado, destacou que "canalhas", são os corruptos que saquearam os cofres públicos como vem mostrando a Operação Lava Jato da Petrobras que já levou dezenas de corruptos à prisão através de decisão do Ministério Público Federal- MPF e da Polícia Federal nestas investigações. "Canalhas", são os responsáveis pela grave crise que o Brasil vem atravessando.

 

"Canalhas", são aqueles que proporcionaram a situação que levou mais de 12 milhões de pessoas a perderem seus empregos. "Canalhas", segundo o senador Ronaldo Caiado; são aqueles que provocaram o fechamento até agora de milhares de empresas neste país.O senador Ronaldo Caiado, mencionou por várias vezes o termo: " canalhas" para os que formaram uma espécie de quadrilha organizada provocando o agravamento da crise social; política e econômica do Brasil. " Canalhas" são os que deixaram a área da Saúde num caos neste país, argumentou o senador.

 

Segundo Ronaldo Caiado, o país passa por este processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT) por uma "assepsia". Mesmo diante destas duras críticas ao governo tanto de Lula quanto de Dilma Rousseff (PT) e de aliados partidários que formam a base de governo federal, é misser destacar que o Brasil precisa muito e muito mais desta ação de "assepsia" da corrupção e má gestão de governos (federal, estaduais e municipais). É hora das profundas reformas no Brasil. A sessão de votação do processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT), foi presidida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal- STF Ricardo 

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar