Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017
Lula, Dilma; Temer; Sarney; FHC; Mantega e mais um bando à prisão seria Justiça
Quatro ex-presidentes do Brasil e o atual na cadeia; além de ex-ministros e mais uma corja seria Justiça plena para novo Brasil
16/05/2017 | 2:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Brasil precisa de Justiça para os canalhas mafiosos e corruptos - ladrões do dinheiro público. A Operação Lava Jato assim como tantas outras anteriores já realizadas mostrando os roubos bilionários dos cofres públicos deste país; já não tem como a Justiça através das esferas desde o Supremo Tribunal Federal -STF e o Supremo Tribunal de Justiça - STJ; querem defender mafiosos que arrombaram os cofres públicos deste país. Em conluio centenas de políticos e empresários corruptos que de uma forma ou outra ilícita; deixaram o Brasil cair na pior crise da história. São mais de 15 milhões de pessoas - famílias convivendo com miséria absoluta diante de falta de renda digna para manter necessidades básicas como alimentação; moradia e saúde, além de lazer e educação.


A crise no Brasil tem culpados - a máfia política

Ex-presidentes do Brasil como Lula e Dilma (PT); José Sarney (PMDB); Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e o atual Michel Temer (PMDB), que correm sérios riscos de irem parar na prisão por denúncias de corrupção; lavagem de dinheiro; caixa 2 de campanhas políticas, propinas milionárias dentre outros atos ilícitos como formação de quadrilha e falsidade ideológica; levaria o Brasil à um novo patamar de resgate da moralidade pública.

 

Vários ex-ministros como dos mais recentes em governos corruptos e mafiosos do Brasil; neste caso envolvendo dezenas deles em processo que até hoje correm na Justiça brasileira; notadamente o ex-ministro Antônio Palocci (PT) que está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba (PR) e que já afirmou à Justiça querer fazer a delação premiada - vem mais detalhes de desvios bilionários e envolvimentos de outros mafiosos a partir desta delação de Palocci (PT), tem ainda neste contexto o caso do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega que tem mostrado à imprensa estar apavorado.

 

A declaração à imprensa por parte de Mantega nesta semana de que a vida dele tornou-se uma espécie de "inferno" a partir de delações como as que constam na Operação lava Jato de recebimento de R$ 5 milhões da empreiteira Odebrecht e também da delação da marqueteira Mônica Moura; fazem desta fase na Lava Jato uma ampliado e consistente conjunto de informações e provas capazes de garantir de vez a prisão de vários outros envolvidos neste escândalo de desvios de dinheiro público - o maior do mundo.

 

É tanto dinheiro roubado no Brasil pela máfia política em conluio com mafiosos que atuam em vários segmentos da sociedade civil deste país que calcula-se nestes últimos 30 anos o Brasil tenha sofrido roubos que somados chregariam acima de R$ 2 trilhões de reais. Isto conta desde roubos em prefeituras municipais; empresas estatais de governos estaduais e federal; governos dos estados e na esfera federal. Além disto conta ainda fraudes no sistema financeiro como apura a Operação Zelotes; no BNDES; Fundos de Pensões e tantas outras fraudes sendo apuradas e investigadas e que tramitam na esfera do judiciário deste país.

 

Portanto, é chegada a hora do povo brasileiro tomar profundos conhecimentos do quanto estes roubos do dinheiro público prejudica gravemente o dia a dia de milhões de cidadãos deste país. Enquanto partidos políticos permanecem estagnados sem reação mais ampla de expulsar mafiosos e corruptos dentro de suas instâncias partidárias e enquanto o Judiciário não efetivar punições severas para corruptos, mais além do que está aplicando; pois prende alguns e em seguida, solta-os mesmo utilizando tornozeleira eletrônica e vão para casa usufruir de mordomias como foi no caso do ex-bilionário e mafioso Eike Batista, o Brasil não avançará como deveria em termos de manter mafiosos e corruptos definitivamente na prisão e por dezenas de anos. Mas, o que já vem sendo feito no combate à corrupção no Brasil até agora, demonstra que o país está no rumo certo. Isto é: não dar trégua contra a máfia e é importantíssimo que cada cidadão deste país ajude a Polícia Federal, ajude o Ministério Público Federal no combate eficaz da corrupção.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar