Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017
PGR e os novos desafios com Raquel Dodge
Janot deixa PGR e assume Raquel Dodge para dar prosseguimento ao combate efetivo contra a corrupção no Brasil
19/09/2017 | 12:55
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

São enormes os desafios para a nova Procuradora Geral da República (PGR) Raquel Dodge que assumiu no início da semana o cargo no lugar do Procurador Rodrigo Janot. Aos 56 aos de idade Raquel Dodge assume um dos maiores desafios que um representante na Procuradoria Geral da República (PGR) deve promover no sentido de dar fortalecimento a cada dia no combate efetivo contra a corrupção no Brasil.

 

E não é tão somente o combate contra a máfia organizada e instalada no Brasil há décadas e que promovem verdadeiros massacres na vida cotidiana de milhões de brasileiros assolados pela falta de serviços e oportunidades dignas de trabalho e renda, bem como, de obter os direitos e garantias constitucionais como direito à saúde de qualidade; segurança pública; trabalho e renda; moradia digna; educação e acesso à cultura, dentre outros direitos como ao da igualdade e respeito à vida.

 

Raquel Dodge não deverá dar trégua à máfia

Raquel Dodge assim como o que fez Rodrigo Janot não deverá dar trégua aos corruptos e mafiosos, pois, ao contrário, dará um passo para trás diante aos expressivos, significativos avanços já alcançados pela Justiça que ainda apesar das fortes resistências diante das possíveis intervenções de forças ocultas interessadas unicamente na promoção da roubalheira do dinheiro público e da manutenção dos vícios instalados nas mais diversas instituições, sejam elas políticas, administrativas do executivo e do judiciário e que ao longo de décadas promoveram e ainda promovem roubos bilionários dos cofres públicos deste país.

 

Um verdadeiro conluio que deverá ser combatido por pessoas de índole inatacável, respeitadas e que juntas almejam assim como a grande maioria da sociedade brasileira; um país justo e digno de se viver. Rodrigo Janot deixa um legado histórico para o Brasil e Raquel Dodge terá a missão de dar continuidade neste mais consolidado e importante passo ao Brasil. Ou seja: nunca entregar-se aos anseios maléficos de quadrilhas e organizações criminosas que prejudicam o desenvolvimento conjunto do povo brasileiro e, portanto, do Brasil.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar