Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Mafioso Sérgio Cabral (PMDB) vai para presídio federal
Determinação é do juiz federal Marcelos Bretas após ameaça velada do quadrilheiro peemedebista do Rio de Janeiro Sérgio Cabral
25/10/2017 | 22:07
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Um dos principais líderes do PMDB e aliado de governos e de organizações criminosas como de Lula (PT); Dilma Rousseff (PT) e do atual presidente da República Michel Temer (PMDB), o quadrilheiro preso na Operação Lava Jato e ex-governador do estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), vai ser transferido do presídio do Rio de Janeiro para um presídio federal. ou seja, Sérgio Cabral (PMDB), vai para um presídio de segurança máxima diante da ameaça velada durante sessão na Justiça Federal realizada na última segunda-feira (23). 

 

O juiz federal Marcelo Bretas seguiu a determinação do Ministério Público Federal (MPF) em transferir o presidiário corrupto e mafioso Sérgio Cabral (PMDB) para uma cela em um dos presídios federais em outro estado do país. Durante esta sessão frente ao juiz federal Marcelo Bretas, da 7a. Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro (RJ), o quadrilheiro ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), preso por corrupção e roubo de centenas de milhões dos cofres públicos do Estado do Rio de Janeiro, fez declarações de ameaças veladas à família do juiz federal Marcelo Bretas em que um dos irmãos de Marcelo Bretas atua no setor de comércio de bijuterias no Rio de Janeiro.

 

Opresidiário peemedebista Sérgio Cabral (PMDB), supostamente vinha recebendo muitas informações dentro da cela onde ainda continua preso no Rio de Janeiro. Transferir o corrupto Sérgio Cabral (PMDB), para uma cela em presídio federal com segurança máxima, certamente haverá de evitar com que o mafioso Sérgio Cabral (MDB), contenha dados e informações do que se passa fora do presídio e que desa forma; venha facilitar a continuidade de práticas ilícitas e, portanto, criminosas. A imprensa até esta última terça-feira (23); ainda não tinha informações para qual presídio federal estará sendo transferido o mafioso Sérgio Cabral (PMDB).

 

PMDB nacional calado diante do tamanho da organização criminosa no país

O curioso diante do que vem enfrentando o PMDB com seus principais líderes políticos no âmbito de representações nacional como de Sérgio Cabral, o ex-deputado e ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) que está preso por corrupção - foram encontrados mais de R$ 51 milhões num apartamento em Salvador (BA), cuja grana Geddel Vieira Lima (PMDB), desviou dos cofres públicos e agora o presidente Michel Temer (PMDB), respondendo processo na Justiça Federal por corrupção; obstrução da Justiça e organização criminosa e isto além de outros peemedebistas corruptos como o ex-senador e ex-presidente do Senado Federal Renan Calheiros (PMDB) e do ex-presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha (PMDB) que está preso há meses por corrupção passiva; desvios para paraísos fiscais dentre outros atos ilícitos.

 

Assim como muitos mafiosos no PMDB, outras quadrilhas estão infiltradas em vários partidos políticos com destaque para o PT; PMDB; PSDB; PSD; PP; PR; Pros; PTB e muitas outras siglas nanicas partidárias com diversos de seus líderes envolvidos em escândalos de corrupção. Acabar logo com o tal do foro privilegiado para muitos bandidos; ladrões e que estão infiltrados e comandando espécie de facções dentro de partidos políticos em detrimento aos interesses da Nação Brasileira, ou seja, do povo brasileiro, é algo que deve ser efetivado o mais breve possível no meio politico nacional. Acabando com o foro privilegiado o ladrão vai logo parar na prisão e responder criminalmente na Justiça.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar