Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Diretor da PF diz que única mala não prova nada contra Temer (PMDB). Precisaria então um apartamento assim como Geddel com mais de R$ 50 milhões?
Nem a delação de Lúcio Funaro e tão pouco a mala com dinheiro foi suficiente para levar Temer à prisão. Líder do quadrilhão do PMDB continua presidente e chefiando a máfia
20/11/2017 | 17:33
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Foi só assumir o cargo como novo diretor da Polícia Federal (PF), para que um pronunciamento infeliz e publicado pela mídia; pudesse ser interpretado em desacordo com o que a sociedade brasileira exige por parte de autoridades na luta contra a corrupção. Segundo o novo diretor da PF Fernando Segóvia - indicado ao cargo pelo presidente mafioso Michel Temer (PMDB), uma única mala não prova nada contra Michel Temer (PMDB) - referindo-se à mala presa nas mãos de um assessor político e que supostamente seria direcionada ao presidente Michel Temer (PMDB).

 

Não é o que disse o empresário e operador financeiro Lúcio Funaro quando destacou que o atual presidente da República Michel Temer (PMDB) , é líder da quadrilha do PMDB e mais ainda: que Michel Temer (PMDB), beneficiou-se de recursos financeiros da Caixa Econômica Federal (CEF) e que Michel Temer possui dinheiro " escondido" no exterior.

 

A delação de Lúcio Funaro tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), sob relatoria do ministro Edson Fachin. Precisaria então mais do que uma mala contendo dinheiro suposto para o pagamento de propina ? Precisaria uma espécie de apartamento cheio de malas contendo dinheiro como a exemplo do ex-ministro (homem de pura confiança ) de Michel Temer; Geddel Vieira Lima (PMDB) com mais de R$ 50 milhões roubados da Caixa Econômica Federal (CEF) ? Mais ainda: um líder político da dimensão nacional tendo aliados como mafiosos Renan Calheiros; Eduardo Cunha Lima; Geddel Vieira Lima e muitos outros não somente do PMDB, porém, de outros partidos aliados de governo precisaria mais algum indicativo de que Michel Temer (PMDB), não comunga com este bando de canalhas e criminosos dentro desta organização criminosa de roubalheira do dinheiro público do Brasil ? Haja prepotência por parte de alguns supostos aliados destas quadrilhas que estão infiltrados dentro de diversas instituições públicas deste país.

 

Cá entre nós, o povo brasileiro já não aguenta tamanha roubalheira do dinheiro público e também estes entraves que dificultam levar mafiosos para a prisão e mesmo que levem bandidos e ladrões do dinheiro público para a cadeia; soltam depois para prisão domiciliar e desta forma comemorarem com festas regadas a muitas bebidas caríssimas alcoólicas como fez recentemente mafiosos como ex-ministro José Dirceu (PT) e de deputados presos no Rio de Janeiro (RJ). A Polícia Federal que assim como o Ministério Público Federal (MPF), a Procuradoria Geral da República (PGR) tem mais do que agir no sentido de efetivar mais rigor e punições aos mafiosos que há décadas vem dilapidando aos bilhões os cofres públicos deste país. Mais ainda: acabar com o foro privilegiado que só favorece ladrão de colarinho branco.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar