Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018
Ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) , à um passo da prisão
TRF da 4a. Região marcou para o dia 24 de janeiro o julgamento de uma das ações contra o mafioso ex-presidente Lula (PT)
17/12/2017 | 23:18
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma das decisões do Juiz Federal Sérgio Moro contra o ex-presidente da República, o mafioso Luís Inácio Lula da Silva (PT); que já determinou a prisão por um período de 9 anos e seis meses para uma das várias ações que tramitam na Justiça Federal contra o ex-presidente Lula (PT). O Tribunal Regional Federal da 4a.Região, em Porto Alegre (RS), fará o julgamento da ação contra Lula (PT), no caso do triplex do Guarujá (SP), no dia 24 de janeiro próximo.

 

Há, inclusive pedido na JustiçaFederal para duplicar a pena de prisão contra o mafioso e suspeito de liderar uma quadrilha montada com aliados dentro e fora do PT como de quadrilhas dentro do PMDB que estão há anos propiciando suporte de apoio político e administrativo tanto aos governos de Lula; Dilma Rousseff , ambos do PT e mais recente co governo igualmente corrupto e mafioso de Michel Temer (PMDB).

 

Já são dezenas de políticos presos por corrupção e formação de quadrilhas, além de desvios milionários para paraísos fiscais; pagamentos e recebimentos de propinas milionárias e outros crimes como constam em centenas de processos judiciais contra a máfia no Brasil. Operações da Polícia Federal (PF) com apoio do Ministério Público Federal (MPF) e da Procuradoria Geral da República (PGR); resumem claramente o perfil destas ações criminosas contra a sociedade brasileira. Estranhamente ou por igualmente estarem envolvidos em corrupção milionária, muitas lideranças políticas manifestam-se recentemente que o ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva (PT), não deveria ser preso.

 

Aliás, posições como estas destacadas recentemente pelo senador Aécio Neves e do pré-candidato à Presidência Geral Alckmin - ambos do PSDB. Só poderia mesmo partir de mafiosos estas posições políticas em sair em defesa de corruptos e mafiosos do país. Ou a grande maioria do povo brasileiro em especial a maioria do eleitorado irá querer de volta ocupando cargos públicos um ex-ministro da Casa Civil como José Dirceu (PT), preso na Operação do Mensalão e de outras dezenas de políticos corruptos que estão presos ou que já cumpriram pena por praticarem corrupção e integrarem quadrilhas no meio da classe política deste país? Fica o questionamento!

 

Imaginamos, vários políticos mafiosos e corruptos chegarem aos gabinetes de administrações públicas e ou na Câmara e Senado Federal utilizando tornozeleira eletrônica ? Bem que já existe algum destes mafiosos agindo assim, infelizmente.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar