Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018
Deputado Federal João Rodrigues (PSD) é condenado pelo STF
Deputado Federal João Rodrigues (PSD), um dos pré-candidatos ao governo de Santa Catarina recebe pena de 4 anos e 1 mês de prisão em regime semi aberto
06/02/2018 | 19:55
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A condenação ao deputado federal catarinense João Rodrigues (PSD), foi anunciado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na quarta-feira (7), durante julgamento do processo que tramitou no Tribunal Regional Federal TRF-4, em Porto Alegre (RS), que decidiu pela condenação ao parlamentar e que foi submetido após à decisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que por quatro votos a um manteve a condenação ao deputado federal João Rodrigues (PSD), o qual deverá cumprir pena de prisão em regime semiaberto- aquele em que o detento tem o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, mas que deve retornar à Unidade Penitenciária a noite.

 

A condenação por parte da Justiça Federal foi devido à prática de irregularidades apuradas quando João Rodrigues foi prefeito em Pinhalzinho, região Oeste de Santa Catarina. Com esta decisão do STF o deputado federal João Rodrigues (PSD), entra na Lei da Ficha Limpa e não poderá concorrer eleições deste ano. à Imprensa, a defesa do deputado federal João Rodrigues (PSD), destacou que irá recorrer desta decisão do STF em que será impetrado embargos declaratórios visando o arquivamento do processo e à prescrição. João Rodrigues (PSD), estava nos Estados Unidos de onde deve retornar na quarta-feira (8) ao Brasil.

 

Houve imediata repercussão desta decisão do STF no meio político de Santa Catarina e que vai redefinir o debate sobre alianças políticas-partidárias quanto às eleições de outubro deste ano. Além do deputado federal João Rodrigues (PSD), o governador Raimundo Colombo também do (PSD) está com um processo tramitando no Supremo Tribunal de Justiça juntamente com outros 18 governadores com suspeitas de práticas ilícitas constantes das investigações da Operação Lava Jato.

 

Tanto o STJ quanto o STF almejam ambos acelerarem as análises dos processos ligados à Lava Jato ainda antes de outubro - época das eleições; haverá até lá muitas expectativas no âmbito do meio político nacional e em especial catarinense.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar