Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018
A casa caiu. Michel Temer (MDB) vê estampado corrupção e lavagem de dinheiro
Lavagem de dinheiro atinge Michel Temer (MDB) e mais membros da família do presidente
28/04/2018 | 7:38
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A reação do presidente da República Michel Temer (MDB), logo após ser vazada informações divulgadas na Imprensa quanto às investigações realizadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal atingindo o presidente da República Michel Temer (MDB), sua esposa Marcela Temer e o filho Michelzinho, de 9 anos, em que diversos imóveis constam no nomes tanto de Marcela Temer quanto do filho do casal; segundo as investigações o dinheiro para aquisição destes vários imóveis foram oriundos de propinas e lavagem de dinheiro.

 

Empresas como JBS e Engevix segundo constam nas investigações teriam repassados R$ 2 milhões em propinas ao presidente Michel Temer (MDB), e 2014. O Coronel do Exército reformado João Baptista de Lima Filho recebeu estes R$ 2 milhões, segundo as investigações e repassou para a família beneficiada do presidente Michel Temer (MDB). Reformas em casas da família de Temer. Até a filha do presidente Michel Temer, terá que prestar depoimento á Polícia Federal.

 

Temer (MDB), começa ver de perto o tremor das investigações da PF e MPF

E diante destas revelações contundentes à Imprensa, a reação de Michel Temer (MDB), foi imediata solicitando ao ministro Jungmann que solicite investigações sobre os vazamentos do relatório das investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Em nota, a entidade representativa dos Delegados da Polícia Federal (PF), destacou que não admitem pressões e pediu " serenidade " ao presidente da República Michel Temer (MDB). Numa das delações premiadas que tramita na Justiça Federal, um dos aliados do governo Temer e que está envolvido na Operação lava Jato chegara a destacar que Michel Temer (MDB), seria um dos líderes do chamado "quadrilhão do PMDB) na época e hoje MDB.

 

O Brasil está diante de quadrilhão do PT; quadrilhão do PMDB e atual MDB; quadrilhão do PP; quadrilhão do PSDB e assim por diante com outras pequenas siglas em que vê diversos líderes envolvidos em escândalos e processos na Justiça, ou por corrupção ativa e passiva; lavagem de dinheiro; propinas; conluios; organização criminosa; falsidade ideológica, dentre outros atos ilícitos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar