Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018
Denúncia contra Raimundo Colombo (PSD) vai tramitar na Justiça Eleitoral
Ex-governador Colombo (PSD), foi denunciado por haver recibo da Odebrecht R$ 9 milhões como caixa 2 de campanha
30/04/2018 | 22:26
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A denúncia contra o ex-governador de Santa Catarina João Raimundo Colombo (PSD), por recebimento de R$ 9 milhões da empreiteira Odebrecht em forma de caixa 2 (dinheiro não contabilizado), em campanhas políticas em 2010 e 2014, vai agora tramitar na Justiça Eleitoral. A denúncia consta da Operação Lava Jato e tramitava no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

 

Como Raimundo Colombo (PSD), deixou o governo em 5 de abril deste ano e, portanto, perdeu o foro privilegiado; faz com que a denúncia comece a tramitar na Justiça Eleitoral. Aliás, muitas prestações de contas que tramitam em campanhas políticas em Santa Catarina, tem em muitas delas constante declaração do Tribunal Regional Eleitoral - TRE que mesmo diante de irregularidades nestas tais prestações de contas de campanhas políticas; lá estão manifestadas " aprovadas com restrições ". Em muitas destas prestações de contas de candidatos em que aparecem como sendo aprovadas com " restrições"; o candidato optou por regularizar os pontos em que o TRE apontara as" restrições".

 

O que a sociedade brasileira em especial a catarinense veja desta vez diante desta denúncia através das investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato e que chegara até ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e que decidira transferir para a Justiça Eleitoral de Santa catarina; haja plena lisura e transparência nas decisões que surgirão diante deste caso.

 

Aliás, mais um caso de um político envolvido em uso de dinheiro oriundo de caixa 2 que é considerado pela própria Justiça como sendo um crime eleitoral. À imprensa, o ex-governador Raimundo Colombo (PSD), nega haver recebido dinheiro da Odebrecht para campanhas políticas em 2010 e 2014. Caso haja a condenação da Justiça ao ex-governador de Santa Catarina Raimundo Colombo (PSD), a pena pode chegar a 5 anos de prisão.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar