Sábado, 18 de Agosto de 2018
Desafios para alianças partidárias na disputa presidencial de 2018
Fragilizados com avalanches de envolvidos em corrupção maioria dos partidos enfrentam dificuldades em promover alianças principalmente à Presidência da República
15/07/2018 | 21:36
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma eleição bastante atípica comparada com muitas outras anteriores. Afinal, maioria das siglas partidárias estão contaminadas por bactérias chamadas de "corrupção; lavagem de dinheiro; falsidade ideológica; conluio e formação de quadrilhas " - algo grave como demonstram inúmeras investigações realizadas até hoje pela Polícia Federal e Ministério Público Federal. Vários líderes políticos e que dominavam e ainda tentam manter poder político mesmo atrás das grades e ou alguns já soltos, utilizando tornozeleira eletrônica e ou ainda mesmo sob liberdade condicional, buscam atuar nos bastidores da política brasileira.

 

Tudo com único objetivo: manter o esvaziamento de cofres públicos deste país de uma maioria populacional sofrida diante destes desmandos e roubalheira do dinheiro público. E aí que surgem os maiores desafios para siglas maiores como do MDB; PT; PSDB; PSD; PSB; PR; PP; além de outras menores também atingidas pelo aspecto de ver alguns de seus principais líderes envolvidos em processos na Justiça Federal e pior: muitos indo parar na prisão.

 

Promover alianças partidárias num momento como estes que atravessa o Brasil é algo extremamente arriscado em se considerando que uma parcela bastante expressiva do eleitorado já não possui desinformações quanto a outras ocasiões e eleições anteriores. Atualmente, será bem mais fácil para o eleitor que almeja profundas mudanças no Brasil; venha optar por aprofundar pesquisas de forma séria e responsável para que não coloque mais em risco a vulnerabilidade do voto. As eleições de outubro deste ano de 2018; será altamente mais rigorosa quanto a estas escolhas de representantes políticos, seja no Legislativo ou para o Executivo e em especial para a Presidência da República.

 

Infelizmente o Brasil ainda não conta com maior número de possíveis candidatos com um grau de credibilidade bem maior do que muitos daqueles que aí estão e que são atualmente pré-candidatos. Por exemplo: será que o povo brasileiro iria eleger Collor de Melo novamente ? Ou iria eleger algum candidato que venha do PT; MDB; PSDB; PP; PR;PSB ou do PSD por exemplo. Afinal, são destas siglas que em conjunto, com alianças já realizadas não somente no apoio a governos federal, porém, estaduais; promoveram a crise com que o Brasil vem enfrentando há décadas.

 

E tem outras pequenas e até novas siglas partidárias, mas que de uma forma ou outra também tiveram alguns de seus líderes lá dentro de governos corruptos e mafiosos. Portanto; o grande desafio para o povo brasileiro e especialmente para a maioria do eleitorado deste país; será de fato votar nestas próximas eleições. Mas, o maior desafio ainda antes das convenções em agosto; será para com os partidos políticos. Mais do que isto: para quem fora candidatos destas siglas partidárias que possuem muitos de seus principais líderes atolados na corrupção.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar