Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
Candidatos definidos em convenções na corrida à presidência da República nas eleições de 2018
Convenções partidárias realizadas. Protocolos juntos a Justiça Eleitoral. Agora, registros de candidaturas e a corrida nas disputas à Presidência da República praticamente já iniciou
07/08/2018 | 20:07
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma das eleições que promete ser a mais diferenciada das já realizadas à presidência da República nestas últimas décadas. Afinal, o conturbado meio político, econômico e social com que vivencia o Brasil; merece mais do que nunca por parte especialmente do eleitorado brasileiro um maior comprometimento futuro com a Nação Brasileira. E tudo isto, passa essencialmente pelas escolhas de seus representantes políticos.

 

Portanto, as eleições de 07 de outubro deste ano, em que os olhares e as atenções de parcela significativa do eleitorado brasileiro estará voltado à futura escolha nas urnas. Há de ressaltar, diante de recentes pesquisas eleitorais de que uma ampla parcela do eleitorado sequer tem interesse infelizmente nestas eleições. Tudo isto face ao avanço substancial da roubalheira praticada por muitos políticos mafiosos e corruptos, sendo muitos deles presos em função de resultados das investigações realizadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal.

 

E nestas eleições de outubro próximo as candidaturas à corrida presidencial já estão praticamente definidas por parte pelo menos das convenções dos partidos - alta agora o registro oficial pela Justiça Federal. Veja os nomes definidos em convenções partidárias sendo que caberá agora os registros destas candidaturas junto a Justiça Eleitoral. Álvaro Dias ( Podemos ); Cabo Daciolo ( Patriotas ); Ciro Gomes ( PDT ); Geral Alckmin ( PSDB ); Guilherme Boulos ( PSOL ); Henrique Meirelles ( MDB ); Jair Bolsonaro ( PSL ); João Amoedo ( Novo ); João Goulart ( PPL ); José Maria Eymael ( DC ); Levy Fidelix ( PRTB ); Lula ( PT ); Manuela D´ Ávila ( PCdoB ); Marina Silva ( Rede ) e Vera Lúcia ( PSTU ).

 

Eleição 2018 poderá ser a eleição da busca da renovação ou do atraso ao Brasil. Tudo dependerá do eleitor

O mais vultuoso destes trabalhos tem sido com a Operação lava Jato, porém, há centenas de outras investigações igualmente importantes no combate a corrupção no Brasil ( Zelotes; Mensalão e tanta outras com desvios bilionários dos cofres públicos deste país ). Políticos envolvidos em processos na Justiça Federal e de vários partidos como desde o PT; antigo PMDB ( atualmente MDB); PSDB; PP; PR; PSB; PDT; PCdoB; DEM; PSDB e de muitas outras siglas partidárias contendo alguns corruptos enrolado em processos judiciais e que deverão parar na prisão junto aos demais que estão detidos em vários presídios deste país.

 

Diante deste marasmo todo no Brasil, as eleições para escolha do novo presidente, bem como, ao Senado Federal; Câmara Federal; Deputados Estaduais e Governos Estaduais nestas eleições de outubro deste ano; tem por si só um aspecto da mais alta importância. Ou seja; caberá ao eleitor fazer uma escolha muitíssimo responsável de seu candidato nestas eleições.

 

Analisar profundamente antes de votar; pesquisar sobre os candidatos; ver quais são suas propostas e com quem está coligado através de siglas partidárias e assim sendo; observar melhor e poder votar com plena consciência e responsabilidade. Esta eleição de 2018 ou será do atraso, permanência ou do avanço do Brasil na solução dos gravíssimos problemas políticos; econômicos e sociais deste país. Tudo haverá de depender da vontade do eleitor. Da vontade popular e de forma democrática através do voto.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar