Sábado, 17 de Novembro de 2018
Eleição ao Governo de Santa Catarina pode dar novo rumo político a partir de janeiro próximo
Santa Catarina não foge a regra do novo caminho para o Brasil e pode haver renovação ampla e plena a partir de janeiro de 2019
19/10/2018 | 20:48
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Eleição ao governo do Estado de Santa Catarina já dá um norte de como serão os resultados nas urnas neste segundo turno em que disputam esta eleição Gelson Merísio (PSD) e o Comandante Moisés (PSL).

 

A fragilização da candidatura de Gelson Merísio (PSD) nesta disputa de segundo turno diante do Comandante Moisés (PSL), já é visível devido com que alguns políticos como o ex-governador derrotado ao senado Raimundo Colombo (PSD), recolheu-se após os resultados que o deixou fora da ocupação do cargo ao Senado Federal e de Paulo Bornhausen (PSB), que segundo informações, optara por viajar para a Europa logo após os resultados da eleição em primeiro turno.

 

Isto sem contar o apoio de um deputado do PSD eleito que optou por apoiar o Comandante Moisés ao governo do Estado. Já, o candidato também ao governo de Santa Catarina - o Comandante Moisés (PSL), segue na disputa sem proporcionar ataques ao adversário Gelson Merísio (PSL), que diante da possível derrota nestas eleições, antecipou por dar maior ênfase criticando mais ostensivamente o Comandante Moisés (PSL).

 

Estratégia política equivocada, uma vez que a sociedade catarinense assim como a de todo o Brasil, exige dos candidatos propostas coerentes e eficazes futuras para soluções dos graves problemas sociais; econômicos; éticos; políticos e, portanto; o eleitorado que vai às urnas em sua maioria tem manifestado como ficou bem claro na eleição em primeiro turno, que almeja renovação. Renovação política, ampla e irrestrita.

 

Comandante Moisés (PSL), com um pé dentro do Palácio do Governo de SC

O Comandante Moisés (PSL), já sente certamente esta imensa possibilidade de sair vitorioso nestas eleições ao governo do Estado de Santa Catarina. Comandante Moisés (PSL), está praticamente com um pé dentro do Palácio do Governo do Estado de Santa Catarina.

 

Desta forma; caso isto se efetive como vem sendo apontando por uma recente pesquisa divulgada à população catarinense; o governo do Estado de Santa Catarina, a partir de 1 de janeiro de 2019; começará uma nova era. Isto é: um governo sem as mazelas e dos acordos e conchavos políticos- partidários vislumbrando-se na base do toma lá dá cá e ao contrário: havendo sim articulações políticas, sobretudo; com responsabilidade e ética colocando distante as velhas e tradicionais práticas que levou o país à triste realidade diante de imensas prisões de corruptos e mafiosos que extraíram dos cofres públicos centenas de bilhões - tudo dentro de um conluio e que tomou o Estado como algo de propriedade de poucos em detrimento aos interesses de dezenas de milhões de cidadãos deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar