Sábado, 17 de Novembro de 2018
Brasil perto de ver novo presidente da República: Bolsonaro (PSL) ou Haddad (PT) ?
O Brasil há poucos dias de saber quem será o novo presidente desta Nação: Bolsonaro (PSL) ou Haddad (PT) ?
23/10/2018 | 21:54
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Mais de 147 milhões de eleitores em todo o Brasil deverão irem às urnas neste segundo turno das eleições para votar e escolher desta forma quem será o novo presidente deste país. Bolsonaro (PSL) ou Haddad (PT) ?

 

O próximo domingo (28) será de grande expectativa após encerrada a votação em todo o país, algo previsto para perto das 21 h 40 min. quando o povo deste país saberá quem será o novo presidente desta Nação que irá comandar os destinos do país para os próximos quatro anos.

 

Recentes pesquisas de institutos registrados na Justiça Eleitoral (TSE), indicam que o provável novo presidente do Brasil seja Jair Bolsonaro (PSL), mas algo que somente poderá ser confirmado após o encerramento desta votação.

 

Nesta reta final de véspera de eleição em segundo turno tanto Bolsonaro (PSL) quanto Haddad (PT), buscam atrair mais votos daquele eleitor que ainda não se definiu em quem irá votar, porém, percentual que certamente não irá influenciar muito no resultado final devido ao distanciamento entre um candidato e outro como mostraram recentemente as últimas pesquisas divulgadas à imprensa em todo o país.

 

Em Santa Catarina, o Comandante Moisés (PSL), caminha junto na onda Bolsonaro e pode vencer a eleição

O Comandante Moisés, candidato do PSL ao governo do Estado de Santa Catarina, tem grandes chances de sair vitorioso desta eleição ao governo do estado. O Comandante Moisés (PSL), disputa o governo contra o candidato Gelson Merísio (PSD). O partido de Gelson Merísio - o PSD atuou no comando do governo de Santa Catarina por praticamente quase duas gestões seguidas, sendo Raimundo Colombo (PSD), o governador que saiu em abril deste ano para que o vice Eduardo Pinho Moreira (MDB), assumisse o governo do Estado.

 

Colombo (PSD) concorreu ao Senado Federal nesta eleição e não obteve sucesso nas urnas. Daí, a fragilidade da candidatura de Merísio (PSD), partido que foi aliado do MDB por vários anos, agora, enfrenta este grande desafio: ou seja, buscar vencer o Comandante Moisés (PSL) que representa a renovação política -administrativa no Estado de Santa Catarina. Sem alianças partidárias o PSL vai de candidatura própria na disputa ao governo do Estado de Santa Catarina.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar