Terça-Feira, 25 de Junho de 2019
Governador do Rio de Janeiro Fernando Pezão, o corrupto e mafioso do MDB vai para prisão
STJ e PGR determina prisão do mafioso e corrupto governador do Rio de Janeiro, Fernando Pezão (MDB)
29/11/2018 | 9:28
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O aliado do igualmente mafioso e corrupto, quadrilheiro ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB), que já está mofando na prisão, teve agora o parceiro político e sucessor do cargo de governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB), também preso pela Polícia Federal.

 

A Procuradoria Geral da República (PGR) e o Supremo Tribunal de Justiça (STJ), determinaram imediata prisão do governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB). A prisão ocorreu na manhã de quinta-feira (29), quando oram parar na prisão também com Pezão (MDB), outras oito pessoas corruptas e mafiosas da quadrilha que desviaram dezenas de milhões dos cofres públicos do Rio de Janeiro em esquemas fraudulentos e propinas milionárias.

 

A Polícia Federal (PF), investigou e descobriu que Luiz Fernando Pezão (MDB), entre o período de 2007 a 2015 obteve em forma de propinas cerca de R$ 25 milhões, além de outras práticas ilícitas praticadas em seu governo no Estado do Rio de Janeiro.

 

Pezão metia a mão na grana do povo do Rio de Janeiro e vai parar na prisão

Pezão, segundo as investigações da PF obteve dinheiro vivo diretamente e também em paraísos fiscais. Foram realizadas buscas e apreensões no Palácio das Laranjeiras e no Palácio Guanabara e na cidade em que Pezão residia antes de assumir o governo do Rio de Janeiro. Uma sala especial do Estado Maior no Rio de Janeiro foi para onde inicialmente o governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB), foi levado pela Polícia Federal. Não se sabe ainda para qual presídio Luiz Fernando Pezão deverá ser levado.

 

Além destas operação da PF em relação ao mafioso e corrupto Pezão (MDB), a PF realizou outras várias operações pelo país, apreendendo inclusive drogas e traficantes que atuavam na região Centro-Oeste do país. E, em Roraima, a PF também atuou em operação apreendendo vários empresários e políticos que atuavam em esquemas criminosos com desvios de recursos financeiros e que prejudicavam o setor de alimentação em presídios daquele estado do Norte do país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar