Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Máfia no Brasil faz o que bem quer: Vejamos na política, judiciário e até no setor privado
Que mãos está o comando do Brasil ? Fácil: nas mãos da máfia e de escrupulosos saqueando cofres públicos há décadas e futuro ?
01/12/2018 | 0:09
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O povo foi às urnas em outubro deste ano e mostrou com evidência através do voto que exige e de fato quer mudanças estruturais, rupturas amplas com as velhas práticas especialmente daquilo que a máfia vem promovendo há décadas no Brasil. Máfia instalada, organizada em setores vitais da sociedades brasileira: política- administrativa; judiciário e no setor privado.

 

O Brasil há décadas ficou e parece ainda estar refém nas más de alguns grupos mafiosos, nas mãos de organizações criminosas. Basta ver mesmo após a eleição do presidente eleito Jair Bolsonaro de que infelizmente até dentro do próprio partido (PSL), já há registros em alguns pontos no Brasil membros praticando irregularidades até em editais de concursos públicos.

 

E o pior: o futuro ministro do governo Bolsonaro, o economista Paulo Guedes ( que está respondendo processo na Justiça Federal ) por suspeita de atos ilícitos na questão das bilionárias fraudes em fundos de pensões em que alcançou uma fatia na ordem de pelo menos R$ 1 bilhão das centenas de bilhões desviados no grande esquema dos fundos de pensões; somados ainda ao jantar "secreto " citado por um dos grandes jornais do Brasil em que reuniram-se Paulo Guedes e o senador corrupto e mafioso Renan Calheiros (MDB) - que responde a vários processos na Justiça Federal.

 

Portanto, as velhas práticas políticas entre quatro paredes continuam vivendo o submundo das entranhas supostas negociações distantes das do povo brasileiro. Indulto Natalino de Temer é um presente à mafiosos e corruptos e STF alia-se Assim sendo, o Brasil caminha com as amarras da vergonha onde quem deveria dar o exemplo maior de Justiça, pelo contrário: alia-se aos anseios de mafiosos e corruptos.

 

Vejamos o recente caso do Supremo Tribunal Federal (STF) quando da votação do decreto do indulto natalino em que o corrupto e mafioso presidente da República Michel Temer (MDB), citado por alguns de seus aliados políticos na Operação Lava Jato como sendo um dos principais "líderes do quadrilhão do MDB"; alia-se com votação favorável ao decreto.

 

Uma vergonha ! Michel Temer (MDB), através de decreto de indulto natalino quer retirar das celas vários mafiosos e corruptos antes do Natal - uma espécie de presente de "Papai Noel Temer". E o STF por 6 votos a 2 aprovou este decreto - uma vergonha nacional ! Óbvio: Michel Temer (MDB), tem tudo para ser vizinho de cela do ex-presidente Lula (PT). Em Janeiro Temer (MDB) fica sem foro privilegiado e começa em seguida a responder na Justiça Federal por atos ilícitos constantes de investigações e processos Na Justiça Federal.

 

MDB que tem em suas fileiras desde o antigo PMDB, mafiosos como o ex-presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha; o ex-governadores do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e o atual igualmente corrupto e ladrão do dinheiro do povo do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB) - preso nesta semana no rio de Janeiro. É o Brasil aos poucos sendo passado a limpo.

 

Além de inúmeros outros políticos mafiosos já presos do MDB e assim como tantos outras dezenas ligados ao PT; PSDB; PP; PDT; PR; PSB;DEM e inúmeros outros partidos políticos com algum de seus líderes respondendo a processos na Justiça Federal e ou que já foram presos, alguns soltos utilizando tornozeleira eletrônica como o caso recente do ex-ministro do PT Antônio Palloci Filho.

 

Mantega, Bendine viram réus e Dilma e Luciano Coutinho ( ex- BNDES), escapam pela idade

No Brasil, a generosidade de mafiosos para com mafiosos é algo estarrecedor. Se o mafioso demora para ser preso ou então se acaba escapando pela prescrição do crime ou crimes praticados; tem ainda a questão da idade. Isto mesmo: Ter mais de 70 anos de idade não vai parar na prisão.

 

Foi o caso recente, nesta semana em que viraram réus os mafiosos e corruptos ex-ministro da Fazenda Guido Matega; o ex-presidente do Banco do Brasil Aldemir Bendine; a ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT) e o ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho - tudo diante das chamadas " pedaladas fiscais ". E o que ocorreu, Dilma e Coutinho por terem mais de 70 anos de idade não vão responder à Justiça Federal. Portanto, no Brasil, a máfia de uma forma acaba ainda tendo suas vantagens indevidas convenhamos.

 

O que o povo deste país almeja, pelo menos a grande maioria almeja de fato é uma Justiça justa, se é que existe Justiça justa neste país. O que mais nos parece existir de fato são injustiças.

 

Fome, desemprego, miséria, salário mínimo uma vergonha; tráfico de drogas; tráfico de influências; assaltos e latrocínios que matam mais do que qualquer conflito armado do mundo; enfim; falta segurança pública; falta mais empregos e salários dignos aos trabalhadores e não a manutenção de benesses e altos salários para uma minoria que usufrui em abundância dos recursos públicos deste país - dinheiro pago pelo povo através de elevados impostos, juros bancários; taxas e mais taxas absurdas como de energia elétrica; água; coleta de lixo; IPTU;IPVA; ICMS; dentre outras dezenas de tarifas públicas que enchem os cofres públicos em todo o país e que muitos mafiosos e organizações criminosas acabam retirando-s, roubando-os de forma ilícitas: superfaturamento em obras e serviços públicos; notas fiscais fraudulentas; etc. O Brasil precisa urgente de Justiça !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar