Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019
Gilberto Kassab (PSD), que deixou a Casa Civil do Governo Dória (PSDB), é acusado por corrupção e lavagem de dinheiro
Wesley Batista (JBS) diz à Polícia Federal e ao MPF que repassou R$ R$ 58 milhões para Gilberto Kassab e ao PSD
05/01/2019 | 11:13
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Em delação premiada para a Polícia Federal e ao Ministério Público Federal (MPF), em que Wesley Batista destacou haver repassado ao ex-ministro de Ciência, Tecnologia e Comunicações Gilberto Kassab (PSD), o valor de R$ 58 milhões de forma " dissimulada " através de notas fiscais falsas emitidas pela empresa Yape Assessoria e Consultoria Ltda, da qual Gilberto Kassab (PSD), foi sócio até 2014 e administrada por seus irmãos até janeiro de 2017, quando foi dissolvida.

 

O esquema criminoso de corrupção e lavagem de dinheiro foi detectado pelos relatórios do COAF ( Conselho de Controle de Atividades Financeiras). Gilberto Kassab (PSD), chegou a assumir a secretaria de Estado da Casa Civil do governo João Dória (PSDB) de São Paulo, neste início de janeiro, mas em seguida pediu desligamento do cargo a fim de dedicar-se à defesa na Justiça das acusações feitas pelo empresário Wesley Batista (JBS). Kassab tem dito à imprensa que é " inocente".

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar