Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019
Bolsonaro (PSL) assina decreto que facilita posse de armas no país. Brasil teve em 2017 cerca de 64 mil homicídios
Brasil vive uma verdadeira guerra diante o número de homicídios registrados por ano. Em dez anos o Brasil registrou quase um milhão de homicídios
16/01/2019 | 12:34
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), assinou decreto que facilita a posse de armas no país. Foi na terça-feira (15). O Brasil registrou em 2017 mais de 63.880 mil homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte; segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Nos últimos pelo menos dez anos o Brasil registrou quase 1 milhão de homicídios- praticamente o equivalente a número de vítimas e guerras pelo mundo. Cerca de 17,6 milhões de armas leves em circulação atualmente no Brasil - maior parte produzida no país.

 

O Brasil é o segundo maior fabricante de armas no Ocidente e possui 7 fábricas de armas e munições. São elas: Forjas Taurus S/A ou Taurus (RS); Companhia Brasileira de Cartuchos ou CBC (SP); Amadeo Rossi S.A (RS); Indústria de Material Bélico ou IMBEL (MG/SP); URKO (SP); E.R. Amantino ou BOITO (RS) e a AVIBRAS - Indústrias Aeroespacial.

 

Decisão de Bolsonaro (PSL), divide opinião pública

A decisão do presidente Jair Bolsonaro (PSL), divide opiniões e todo o país. Afinal, ao invés de intensificar o trabalho de investigações, punições e rigor na legislação a quem pratica atos criminosos; o presidente Bolsonaro (PSL), ao contrário, aproveita-se de uma crise na segurança pública nacional onde maioria da população se vê refém e do medo das organizações criminosas pelo país afora; ao contrário facilita a ampliação do número de armas em que estudos apontam que quanto mais armas existentes; maior é o risco de haver amplitude de maior número de vítimas por armamento. Certamente com esta decisão de Bolsonaro (PSL) vem atender aos também interesses da indústria armamentista brasileira que vai comercializar cada vez mais armas e munições em todo o país.

 

Isto já somados ao intenso volume de armas e munições existentes dentro do país oriundos de outros países e que entram em território nacional de forma irregular e criminosa. Bandidos que assaltam para obter dinheiro; joias, celulares e veículos; agora possuem certamente mais uma opção para invadirem lares brasileiros atrás de armas e munições. Afinal, arma de fogo em casa e dentro de cofre como previne a nova legislação; até haver reação de defesa, o bandido possui certamente maior chance de alcançar seus objetivos do que a vítima que dificilmente teria tempo de acessar e abrir o cofre e tentar defender-se.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar