Domingo, 19 de Maio de 2019
Fim dos legislativos no Brasil é caminho futuro diante inércia e abusos excessivos de gastos públicos
Legislativo federal; estaduais e municipais dever acabar no Brasil. Gastos excessivos para manutenção e inércia mostram este novo caminho
04/05/2019 | 18:22
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A manutenção das estruturas do Legislativo Federal; estaduais e municipais no Brasil ultrapassam centenas de bilhões a cada legislatura e o retorno destes investimentos com recursos públicos podem estar próximo do fim. Há uma sensação enorme em todo o Brasil de que a falta de maior fiscalização por parte do Legislativo sobre o Executivo ( Federal, estaduais e municipais ), assim como da falta maior de empenho quanto à elaboração de leis e projetos que realmente mudem a realidade do Brasil para melhor, pois há décadas o Brasil vem sucumbindo com grave crise econômica e social, bem como, corrupção de forma abusiva onde mafiosos já presos e respondendo a processos na Justiça Federal; comprovam assim em grande parte de que há necessidade de que o povo brasileiro possa rever desta necessidade ou não de manutenção do legislativo no país.

 

O custo financeiro para manter estas estruturas do Legislativo no Brasil é altamente elevado e estes recursos financeiros be m poderiam serem aplicados diretamente em projetos e obras públicas tão necessárias e urgentes ao povo brasileiro. Não se vê nenhum esforço e manifestação por parte destes legislativos no país em querer construir novos caminhos e mudanças que realmente possam estabelecer a superação da grave crise brasileira. crise criada exatamente principalmente pela Câmara Federal e Senado Federal em que há décadas sequer avançou nas soluções dos problemas no Brasil. E nos estados e municípios sequer legislativos fizeram um desempenho a altura de rigor na fiscalização dos governantes estaduais. Hoje, maioria dos estados estão na bancarrota. tanto é que o governo federal atual deverá repassar cerca de R$ 40 bilhões aos estados afim de amenizar a crise que governos anteriores deixaram como herança ao povo brasileiro.

 

Corrupção, roubo de bilhões do dinheiro público, lavagem de dinheiro; formação de quadrilhas e muitos outros atos ilícitos foram parte desta maldita herança deixada por vários parlamentares tanto da Câmara Federal quanto do Senado Federal e também nos estados e até municípios deste país. A série de escândalos políticos - administrativos nestes últimos pelo menos de a 12 anos já demonstraram o quanto é necessária estas mudanças e acabar com o Legislativo deixando que a formação de um conselho amplo e representativo nacional possam assim estabelecer a discussão e elaboração de novas leis e fiscalizar com rigor a destinação e execução daquilo que se utiliza com recursos públicos em todo o Brasil A rejeição nas urnas nas últimas eleições já deram o sinal de que grande parte da população já não aceita continuísmos e vícios que se arrastam há décadas no Brasil.

 

É preciso mais do que urgente e necessária discussão sobre o verdadeiro papel tanto do Legislativo quanto do Executivo e também do próprio Judiciário no que tange ao controle dos gastos públicos no Brasil.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar