Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
CNMP pune procurador Deltan com censura enquanto mafioso e corrupto Renan continua sem punição da Justiça Federal
CNMP pune com censura Deltan. Mafioso e corrupto Renan Calheiros (MDB), é réu por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa está sem punição
08/09/2020 | 16:27
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Este é o retrato real do Brasil há décadas. Mafiosos e corruptos conseguem ficar sem irem parar na prisão mesmo sendo réu em vários processos por corrupção; lavagem de dinheiro e organização criminosa, enquanto quem luta contra a corrupção recebe censura. Foi o caso da punição que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP); definiu na terça-feita (09), contra o procurador Federal Deltan Dallagnol, que coordenava a força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba (PR), quando censurou Deltan Dallagnol ao puni-lo por um ano sem que haja promoção de cargo. Reduzir a liberdade de expressão é algo estarrecedor e que mostra que o Brasil está às margens, já quase na pista de ingressar novamente num período obscuro a exemplo do que ocorreu com a ditadura iniciada em 1964.

 

Mafiosos e corruptos que agiam naquela época no meio político e jurídico brasileiro aliaram-se ao poder sob comando do governo federal oriundo das Forças Armadas, permanecendo coadjuvantes das atrocidades ocorridas durante o regime militar. Agora, sob o governo de Jair Bolsonaro, não é de estranhar novamente que aliados de práticas antidemocráticas como a que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), adotou contra o procurador da República Deltan Dallagnol. Enquanto que um senador mafioso, corrupto que é réu por vários crimes como desde lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa permaneça sem alguma punição por parte da Justiça Federal. Deltan Dallagnol recebeu inúmeras manifestações de apoio, incluindo desde integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e de outras regiões do país, com destaque a manifestação às ruas ocorridas no último fim de semana em várias capitais brasileiras.

 

Brasil sendo ameaçada de liberdade de expressão. CNMP dá mostra disto

Estranhamente o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), não se manifesta diante de procedimentos com que vários ministros integrantes tanto do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), concedem inúmeros habeas corpus beneficiando diversos mafiosos e corruptos que praticaram vários crimes desde corrupção ativa e passiva; lavagem de dinheiro; sonegação fiscal; organização criminosa, fraudes licitatórias; pagamentos e recebimentos de propinas milionárias; desvios financeiros dos cofres públicos; como demonstraram diversas das investigações já realizadas no Brasil. Pode até não ser este o papel do CNMP, porém, fragilizar a atuação de procuradores da República no combate efetivo da corrupção no Brasil é algo inaceitável.

 

Deixar com que mafiosos e corruptos fiquem sem serem punidos como no caso do senador da república Renan Calheiros (MDB), mostra que o Brasil realmente está muito aquém de praticar e exercer uma justiça plena, transparente e que promova punições rigorosas com quem atua contra os interesses da sociedade brasileira, contra a Nação Brasileira, prejudicando-a como ocorre desde muitas décadas neste país. Proibir mesmo que seja um procurador da república em se manifestar sobre ao exercício da cidadania em que se manifestou criticando um senador corrupto e mafiosos que participara de uma eleição à presidência do senado Federal, é algo inaceitável em um país que se diz existir plena democracia. O Brasil não está n uma democracia e já faz alguns anos, décadas. Basta ver os resultados do combate á corrupção onde quem tem levado muita vantagem na grande maioria dos casos investigados são exatamente os mafioso e corruptos, que podem provavelmente estarem à serviço financeiro de uma ampla organização criminosa neste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar