Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021
Natal gordo para máfia no Brasil: STF em favor de " Fichas sujas " e pela soltura de doleiro preso pela terceira vez. Aí é demais !
Natal gordo para máfia no Brasil: STF em favor de " Fichas sujas " e pela soltura de doleiro preso pela terceira vez. Aí é demais !
21/12/2020 | 20:09
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Extrapolou de vez. Agora, a sujeira é derradeira, plena. Uma lambança total. Aliás, sabe lá o que mais atrás destas decisões favoráveis para muitos mafiosos e corruptos que atuam no país e que possuem dentro do Supremo Tribunal Federal (STF), obtenção de decisões favoráveis como a mais recente e sempre ele, o ministro Gilmar Mendes que mandou soltar e pela terceira vez o mafioso e corrupto doleiro Chaaya Moghrabi, o " Yasha " ligado à máfia do doleiro preso e após solto Dario Messer. Chaaya foi preso na sexta-feira (17), em Angra dos Reis, Rio de Janeiro por determinação do juizado da 7a. vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Esta é a terceira prisão do mafioso e corrupto preso na Lava - Jato, mas que consegue soltura por determinação agora do ministro do STF Gilmar Mendes. Pelo que se vê, o Natal está sendo gordo especialmente para a máfia no Brasil. E tem ainda a vergonhosa decisão do ministro do STF Kassio Nunes Marques que decidiu que " fichas sujas " podem sim disputar e assumir prefeituras. Aí já é demais !. Do jeito que o Brasil já está atolado na roubalheira do dinheiro público há décadas e pior agora nesta pandemia do novo coronavírus Covid-19, com estas decisões absurdas de alguns ministros do STF que vem contra o que maioria da população brasileira quer que é o combate a corrupção e aos corruptos e mafiosos que subtraem bilhões dos cofres públicos anualmente. Uma vergonha ! É preciso aprofundar investigações sobre tantas concessões de habeas corpus favoráveis para muitos corruptos e mafiosos neste país.

Papai Noel de ricos e o de pobres, miseráveis no Brasil

O Papai Noel pelo jeito fica vermelho somente de saber destas decisões à mafiosos e corruptos que roubam dinheiro público enquanto milhões de crianças neste país sequer possuem a chance de ganhar um presente de Natal ou mesmo ter na mesa a fartura com que os consagrados membros da Corte Superior de Justiça recebem quando sentam à mesa para saborear pratos com lagostas, vinhos nobres importados e caríssimos - tudo pago com dinheiro público. Aí fica fácil, muito fácil quando ainda se tem alguns ligados a escritórios de advocacias e que numa espécie de conluio atuam em favor da defesa de mafiosos e corruptos como já mostraram algumas das investigações realizadas pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF). Há dois Papais Noéis no Brasil: um dos bem ricos e outros dos bem pobres, infelizmente !

Imagem: stf.jus.br

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar