Terça-Feira, 15 de Junho de 2021
Combate ao crime organizado em Lages e Otacílio Costa (SC). Deflagrada Operação "Concreto Armado"
15/04/2021 | 8:05
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Equipes o Departamento de Investigação   Criminal (DIC), da GAECO- Grupo de  Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado; Polícia Civil , promotoria Pública de Santa Catarina e do IGP - Instituto Geral de Perícias deflagaram na manhã de quarta-feira (14), em Lages e em Otacílio Costa - ambas cidades da região da Serra Catarinense; a Operação " Concreto Armado ". Foram cumpridos 9 mandados de busca e apreensão. Fraudes licitatórias; propinas; corrupção ativa e passiva; organização criminosa; peculato foram alguns dos crimes detectado em investigações por parte do Ministério Público e de equipes policiais que atuaram neste trabalho investigatório que envolvem desde vários agentes públicos; privado como de uma empresa envolvida no esquema desta organização criminosa que além de fraudes licitatórias, provocam desvios financeiros públicos, segundo apurou as investigações que levaram à realização desta operação denominada " Concreto Armado ".

 

O combate a corrupção segue firme no Brasil e as equipes da GAECO, dentre outras como da Polícia Civil; Ministério Público; DIC; DEIC; IGP; Receita Federal juntas seguem ampliando o trabalho de combate a corrupção no país.  Somente na promotoria do Ministério Público ligado ao trabalho investigatório criminal de combate aos diversos crimes  em administrações públicas municipais e estadual de Santa catarina, por exemplo, possui mais de 1.200 processos investigatórios em andamento e que desde mais de duas décadas estão ainda para serem concluídos, sendo que muitos deste processos já prescreveram infelizmente. Tem desde processos como ao da Universidade do Planalto Catarinense -  Uniplac que transitou pela 26a. Promotoria do MPSC; há mais de 15 anos; o da CPI da Ponte Hercílio Luz - o mais recente em andamento nesta promotoria pública dentre centenas de outros processos que investigam denúncias de atos ilícitos. 

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar