Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Morte de criança mostra caos na Saúde em SC
Vítima de queimaduras graves morreu sem ser levado para UTI especializada em Santa Catarina
31/10/2013 | 23:11
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Após seis dias internado no Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages, 9 na Serra Catarinense); o menino Erik Pereira Melo, 4 anos de idade; morreu na manhã de última quarta-feira,30.

 

O corpo de Erik foi sepultado na manhã de quinta-feira, 31, no cemitério do bairro da Penha, em Lages. Erik sofreu queimaduras graves em 70% do corpo após sofrer um acidente doméstico no dia 23 deste mês. O menino brincava com um colega de 7 anos de idade na tarde do último dia 23; quando sofreu o acidente.

 

A repercussão em todo o país da morte de Erik, filho do casal Ariana Branco Pereira e Michael Melo, mostra o caos em que se encontra a situação na área da Saúde Pública especialmente em Santa Catarina.



Santa Catarina é uma vergonha na área da Saúde Pública

O único hospital especializado no atendimento de crianças vítimas de queimaduras, encontra-se instalado em Florianópolis,Santa Catarina. Entretanto o Hospital Joana de Gusmão em Florianóplis,SC, não teve como receber o internamento de Erik devido a não haver leitos de UTI disponíveis.

 

A capacidade estava lotada neste período. A vítima esperava por ter uma melhora no quadro clínico para poder ser transferido para um hospital especializado em Porto Alegre,RS. O governo do estado de Santa Catarina até chegou disponibilizar um avião para transportar Erik.

 

Como o estado do menino era considerado grave e de risco para ser transportado até Porto Alegre, médicos que prestavam o atendimento ao menino em Lages, optaram por não permitir o deslocamento até Porto Alegre,RS.

 

Algo que poderia ter ocorrido logo em seguida ao acidente, mas que infelizmente não chegou ser realizado e a criança veio à óbito na manhã de última quarta-feira,30. O caso repercutiu em todo o Estado de Santa Catarina e também no restante do país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar