Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018
Florianópolis (SC), enfrenta grave crise hospitalar
Hospitais superlotados em Florianópolis - a "Ilha da Magia"; aponta desespero e situação é crítica. Faltam vagas até em UTIs
10/01/2017 | 10:30
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Florianópolis (SC), atravessa sua pior crise na área hospitalar de todos os tempos. A situação é considerada crítica e desesperadora. A superlotação é real. Faltam leitos em Unidade de Terapia Intensiva - UTIs.

 

Faltam também leitos hospitalares para atender a necessidade de pacientes poderem receber o atendimento necessário. Faltam até mais equipamentos para realização de exames. O Hospital Celso Ramos, centro, Florianópolis (SC), chegou a suspender a neurocirurgia e atendimento a fraturados.

 

Já o Hospital Regional São José, localizado em São José, na Grande Florianópolis, muitos pacientes estão sendo encaminhados para receberem atendimento em outras unidades hospitalares da região e que também enfrentam a mesma realidade. ou seja, superlotação.

 

A presença nesta época do ano de milhares de turistas na região da Grande Florianópolis (SC), exige mais amplitude dos serviços na área da saúde e, portanto, gerando mais necessidade de atendimentos hospitalares. Nem o governo federal nem estadual estão priorizando a área da Saúde em Santa Catarina.

 

O quadro de dificuldades na grande maioria dos hospitais mostram esta realidade. É crítica. É grave. É preocupante ! Há riscos de sequelas em pacientes com fraturas que espera por longo tempo por cirurgias, segundo uma nota divulgada à Imprensa pelo Centro Cirúrgico o Hospital Celso Ramos, de Florianópolis (SC).

 

Os pacientes vítimas de fraturas expostas e politraumatizadas podem sofrem danos irreparáveis decorrentes do não atendimento cirúrgico de forma imediata, segundo a nota divulgada á Imprensa. No último dia 09, por volta das 17h 25 min. uma viatura do Samu prestava atendimento à uma pessoa vítima provavelmente decorrente de um acidente de trânsito numa das marginais da rodovia BR-101, próximo do viaduto que dá acesso ao bairro Bela Vista, em São José (SC).

 

Esta equipe do Samu realizava um procedimento ao paciente ali mesmo no local do acidente. A incidência de acidentes no trânsito na região da Grande Florianópolis (SC), aumenta consideravelmente nesta época do ano, devido ao fluxo maior de veículos em ruas e avenidas, além da BR-101 que corta a região litorânea catarinense

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar