Sábado, 21 de Outubro de 2017
Governo mafioso de SC atrasa repasses de recursos ao CEPON que pode fechar as portas
CEPON em Florianópolis (SC), pode fechar as portas. Governo mafioso de Colombo (PSD) - o "Ovo" da Lava Jato atrasa repasse de recursos
01/08/2017 | 19:56
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O CEPON- Centro de Pesquisas Oncológicas em Florianópolis (SC), vive a pior crise financeira desde a sua existência e o atraso dos repasses financeiros por parte do Governo estadual sob o comando de Raimundo Colombo (PSD), o "Ovo" da Lava Jato, pode levar o CEPON ao fechamento e suspensão dos atendimentos aos cerca de 10 mil pacientes portadores de câncer que vão ao CEPON mensalmente receber os tratamentos devidos à doença. Os repasses financeiros não ocorrem desde final do ano de 2016.

 

Hoje, são mais de R$ 42 milhões sendo aguardados por parte do CEPON. A incompetência do governo de Raimundo Colombo (PSD), vem comprometendo em muito especialmente áreas essenciais da Saúde; Educação; Segurança Pública e de Infraestrutura rodoviária.

 

Em várias regiões de Santa Catarina a situação da rede hospitalares é a beira do casuísmo com frequentes suspensões temporárias de atendimentos em emergências e até greves de servidores. O CEPON em Florianópolis (SC), diante da falta destes recursos financeiros, sofre com redução drástica de vários tipos de medicamentos e atinge, inclusive; outros setores que abrangem toda esta estrutura hospitalar e clínica do CEPON.

 

As equipes técnicas do CEPON não medem esforços para prestar relevantes serviços de atendimentos aos milhares de pacientes que ali vão em busca destes atendimentos de combate ao câncer. A expectativa é de que haja solução imediata por parte do governo do estado sob a gestão de Raimundo Colombo (PSD) e que tem como aliados especialmente o PMDB na condição de vice-governador o médico Eduardo Pinho Moreira.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar